Tuesday, July 1, 2014

34-La Guierra del Gran Satan Otan


















Olga de Kiev, 957 a.d. - Princesa Olga faz apelo fervoroso ao Bom Deus e pede proteção contra as astúcias desumanas do grande Satan e seus asseclas Yatseniuk, Avakov e Kolomoyskyi. Ela permanece confiante em que o Bom Deus estará a seu lado na luta para livrar de seu Reino os demônios infiltrados. Os soldados de Olga já tiveram que lutar anteriormente contra demônios invasores, como A. Hitler e Shaaskaville. Ela se mostra estarrecida e não entende como os meios de comunicação ocidentais conseguem ocultar o golpismo dos bastardos neo-nazis.

O relato do controlador na torre em Kiev durante o atentado revela que o boeing estava sendo escoltado por dois caças, e que militares ucranianos chegaram na torre "já sabendo" que havia sido derrubado por forças ucranianas. Os militares da defesa nacional obedecem a um comando diferente dos mercenários neo-nazis do ministro do Interior, e com tudo isso os militares ucranianos de carreira estavam descontentes. Logo em seguida a torre foi tomada por "pessoal estrangeiro e autoridades de Kiev", que confiscaram as gravações da manhã. Este controlador de vôo fugiu no dia seguinte, com a família, da Ucrânia.
Fica claro que o atentado já estava planejado há muito, e foi aplicado num momento escolhido, quando o Pres. Vlad Putin retornava de seus acordos diplomáticos e financeiros internacionais, recebendo ciumento [e desde então hostil] destaque na "mídia" ocidental.
O corredor aéreo estipulado pelo controle da Ucrânia já seria de início incongruente: ao passo que havia um veto injustificado em "sobrevoar a Criméia", o corredor ao sul do Donbass era indicado, com várias aeronaves cruzando por dia (mais três junto com o vôo MH17 naquela manhã). Como em outras regiões, isto seria justificado porque as aeronaves voam a 10 mil m, e os mísseis portáteis das milícias têm alcance máximo até 4 mil m. Entretanto, enquanto o exército da Ucrânia enviava para a região 4 baterias de mísseis "buk", capazes de atingir acima de 10 mil m, o corredor comercial foi mantido, o que sugere uma armadilha. O boeing recebeu solicitação de baixar 660 m, e se desviou/foi desviado para sua esquerda, entrando na área rebelde.
A inteligência ocidental se aproveitou da capacidade dos rebeldes em derrubar os aviões militares para lhes pôr a culpa, aparentemente gravando (e reeditando) uma comunicacão em que estes haviam derrubado um avião de transporte militar. A intenção original dos golpistas seria a de fazer o avião cair na Russia, para poder acusar a inteligência russa de ter "mexido nos dados da caixa-preta". Como caiu em região rebelde, o governo de Kiev continuou bombardeando a localidade, e reteve os observadores e técnicos por 3 dias, para depois dizer que "os rebeldes estão impedindo as investigações" e "destruindo as provas". As versões pré-fabricadas confirmam o planejamento do false-flag. Entretanto, desta vez, parece que o castelo de cartas se desmorona.

Hipótese mais provável é de boeing ter sido derrubado por caças, não míssel Buk
slavyangrad.org/video-report-deleted-by-bbc
globalresearch.ca/german-pilot-speaks-out



















obs - 29 de julho: E os depoimentos se multiplicam de que o gov em Kiev está, de fato, "dificultanto a chegada dos investigadores", inclusive com bombardeios... Entretanto, mantendo o hábito amestrado, o editorial d'O Globo no sábado (26), e todo o arraial corporativo, insiste em "rebeldes dificultam investigações".
Ao que tudo indica, a intenção dos golpistas era atribuir o míssel que derrubou o avião comercial aos russos (que estariam derrubando os Sukhoi dos atacantes ucranianos). Como o boeing caiu no Donbass, eles tiveram que adaptar suas acusações aos rebeldes, sobre "mexer nas gravações".
Alexandre Borodai, premier dos rebeldes de Donetsk, ficou 48 horas, com repórteres e observadores da OSCE como testemunhas, guardando o local do acidente para os inspetores de aviação internacional, que só vieram 3 dias depois. Finalmente Borodai, junto com as mesmas testemunhas e observadores, entregou as caixas com as gravações do boeing aos representantes da Malaysia Airlines e "técnicos britânicos".
Muitos dias se passam, e ninguém sabe se os "técnicos" da aviação e da inteligência ocidentais podem, por sua vez, "cozinhar" ou não os dados gravados...


obs - Julho 25: Notícias crescentes dão conta de derrotas e deserções em massa na campanha do exército ucraniano no Leste. Familiares de reservistas convocados se revoltam no Oeste. Enquanto as gravações da caixa preta podem ser divulgadas a qualquer momento [a menos de novo golpe de inteligência e propaganda], o governo Poroshenko-Yatseniuk-Avakov se desmorona, coberto de dívidas e suspeitas. Uma simples divulgação do laudo técnico da caixa-preta [?], incriminando os mercenários e agentes militares do Min. Interior Avakov no atentado, daria uma vitória final à Russia [??], sem que seus militares tivessem disparado muitos tiros...
A "renúncia" do Prim. Ministro Yatseniuk é provavelmente mais um truque de um inveterado golpista, para dar impressão de "crise de segurança nacional", e abafar as revelações sobre o atentado aéreo. Com a aliança governamental desfeita, Poroshenko poderá decretar "estado de exceção", e pedir auxílio a seus patrões ocidentais. É a última chance desesperada de atrair tropas da OTAN para entrar em confronto militar com os russos.




Vampiro Yatseniuk:
um cálice de sangue em cada discurso





Julho 29: Enquanto o arraial da mídia corporativa continua acusando o gov Putin e os rebeldes a cada nova reportagem pré-fabricada, o silêncio é completo, por vários dias, sobre o que se passa na Ucrânia, e com seu ministério parlamentar demissionário...! O Parlamento se recusou a votar Lei para mais empréstimos de milhões para a guerra, e para imposições fiscais do FMI. A "renúncia" de Yatseniuk apenas encobre a falência do gov Poroshenko. Os soldados morrendo numa batalha que não lhes pertence, a falta de gás, e aumento das taxas e impostos, derrubaram o Rei do Chocolate.
É iminente a tentativa de novo false-flag: Fontes do Leste da Ucrânia alertam seus vizinhos para plano de matança de civis em grande número em alguma pequena localidade da região, que seria atribuída aos rebeldes. Há notícias de grupamentos especiais militares da Polônia e Lituânia prontos para ingressar na cena, dando apoio ao novo golpe de Estado.
Entretanto, uma boa parte do Exército profissional parece não estar gostando de tantas ações conspirativas, e poderia encerrar a carreira dos yuppies-cruéis... E há notícias de um destacamento de motorizados russos muito extenso, pronto para entrar em ação a partir de Rostov (depois que o território russo foi bombardeado, com vítima, nove vezes).

A Princesa Russa Olga de Kiev recebeu no ano de 957, do Imperador de Constantinopla, em sua conversão ao cristianismo, uma Carta de Reconhecimento de seu Reino, no qual a maioria do povo era de vikings (ou Varangios] “pagãos”. O Rei Svyatoslav, filho de Olga, que dividiu com ela o reinado, foi um ativo chefe militar que expandiu as fronteiras de seu reino (campanhas em linha roxa no mapa).
O neto de Olga, Rei Vladimir, que também se converteu ao cristianismo, manteve a estabilidade do Reino Russo medieval. A capital desse Reino foi transferida para Moscou no séc. XIII, dando nascimento à Russia histórica, que incluiu a Bielo-Russia, Ucrânia, Georgia, Moldavia, Abkazia, etc. Estas deixaram de ser províncias para se tornarem repúblicas da URSS, razão pela qual se separaram nos anos de 1990.
A História que os histéricos nazistas e a mídia ocidental desejam soterrar.

Julho 01 – Biscoito Fofo com Chocolate decidiu ser mesmo o pivot de mais uma guerra mundial!! Depois de uma falsa trégua tão fofa e porosa quanto as declarações dos lideres neo-yuppies-neo-liberais-neo-nazis em Kiev, o presidentinho, obedecendo a seus mentores na OTAN, decidiu aplicar o temível Plano-Bê!
actualidad.rt.com/ucrania-tregua-combates-victimas
vineyardsaker.blogspot.com.br/2014/07/ceasefire-over
anna-news.info/


Nesta manhã o mundo acorda (principalmente Europa) com o bombardeio sistemático da população civil em Slavyansk e Kramatorsk, tal como fizeram na Líbia. Dois hospitais, um deles incendiado, a catedral durante a missa, residências, trens, lojas, são atingidos por potentes canhões howitzers entre outras atrocidades, incluindo lançamento de fósforo branco, tal como praticado pelos sionistas em Gaza. Um prédio (ou mais) de sete andares desabou por completo com seus moradores dormindo durante esta madrugada [fuso de 6 horas para Rio de Janeiro]. É incalculável o número de vítimas dos bombardeios, sequestros e execuções sumárias.



















julho 02 - aviação destrói vilarejo Kondrashovka: somente civis


Assim como W. Wilson, H. Hoover, Churchill, A. Hitler, Netanyahu, Shaaskaville, Golbery, F. Collor, e tantos outros perfeitos fantoches

Foi obtido um memorandum atribuído à Rand Corporation com sugestões para que o governo ucraniano promova um estado de guerra completo no Leste, incluindo interromper todas as comunicações, encerrar os residentes em campos de concentração, e matar todos aqueles que resistirem a estas ações.
rt.com/rand-east-ukraine-plan/
rt.com/news/lugansk-ghost-town
actualidad.rt.com/ofensiva-ucrania-poblacion

O Ten.-General russo Vladimir Yuryevich Antjufeev é prof. da Academia de Ciência Militar, doutor em Ciência Politica e graduado em Direito. Seu ingresso no governo de Donetsk, como Vice-Primeiro Ministro, é de caráter voluntário e civil, não como enviado governamental ou militar, em termos formais. Tudo indica que seu encargo resulta de articulações que envolvem o Kremlin e vários outros setores responsáveis da sociedade russa, conforme esperado, atendendo finalmente aos desesperados apelos dos russos no Donbass.
Ao estabelecer “estruturas judiciais” em meio à guerra, ele poderá justificar o pedido formal de tropas internacionais para a proteção dos civis, neste momento sofrendo de bárbaras torturas nas mãos neo-nazis:
“Toda minha vida adulta e todo meu serviço foi devotado a combater o nacional-fascismo na Latvia, na Moldávia, assim como na Georgia, e agora na Ucrânia. Fui convidado pela liderança da República Popular de Donetsk para facilitar a criação de estruturas judiciais, devido (às hostilidades perpetradas) pelos nazi-fascistas da Ucrânia.”



Gen.Vladimir Antjufeev












Borodai, Strelkov e Vlad. Antjufeev, Donetsk julho 10
slavyangrad.wordpress.com/press-conference-july-10
slavyangrad.wordpress.com/part-ii-july-10
Com. Strelkov em Donetsk, julho 06
youtube.com/watch=V_T3wT-WGAo
Com. Strelkov em Donetsk, julho 08
slavyangrad.wordpress.com/interview-with-strelkov-july-8
Desde o começo das hostilidades, Slavyansk serviu como um escudo para Donetsk... Finalmente o dia chegou em que a situação evoluiu ao ponto em que entendemos que o círculo em torno da cidade havia se fechado, e que o plano tático do inimigo não é o de nos atacar, mas simplesmente o de arrasar a cidade, destruí-la com artilharia, e daí atropelar nossa infantaria com tanques.
É sem dúvida aparente que os residentes de Donetsk continuam a viver seus dias inteiramente pacíficos. Eles ainda têm dificuldade em entender, ou mesmo se recusam a crer que possa acontecer... Onde o inimigo, as unidades punitivas ucranianas, haverão de lançar uma descarga maciça de artilharia e conduzir ataques aéreos maciços contra áreas residenciais? Bem, nós também durante muito tempo não acreditávamos.
O inimigo escolheu a tática de não atuar contra nossas unidades armadas, as unidades de defesa da Militia, porém uma tática terrorista de destruição - a destruição da infra-estrutura, a destruição dos empreendimentos industriais. O propósito deles foi o de causar o máximo possível de destruição da infra-estrutura, fazendo assim com que as pessoas fiquem sem trabalho, sem habitações, sem as necessidades vitais.
Eu creio que aproximadamente de oito a dez mil homens seriam suficientes para finalmente deter de modo irrevogável o exército ucraniano.
















O Batalhão Azov das forças punitivas foi virtualmente eliminado, perdendo mais do que 70% de seu pessoal, e foi mandado de volta para “reposição de pessoal”.
slavyangrad.wordpress.com/militia-briefings-july-6
As perdas do Batalhão Azov podem ser explicadas pelo fato de que eles caíram diretamente sob o fogo de artilharia de D-30 howitzers. Este incidente demonstra perfeitamente a colossal importância dos morros estratégicos Saur-Mogila. Além do mais, foi o Batalhão Azov que promoveu o extermínio em massa da população masculina no vilarejo de Saurovka. Eles tiveram o que mereciam!


Os mais experientes analistas, incluindo-se o russo “Falcão”, se consideram perplexos, diante da hesitação, ou do “recuo” do governo russo. “Até Quando??!!”, perguntam eles - enquanto a mídia ocidental continua bombardeando nossos cidadãos com a idéia de que é o governo russo o causador de tudo... Na medida plenamente inversa o governo russo deveria estar impondo “zona de exclusão aérea” e “obrigação de proteger” – tal como usado pelos clichês de propaganda da OTAN para bombardear o Iraque, Líbia e Síria. Para a grande frustração de seus cidadãos, o governo russo está permitindo apenas a mobilização de voluntários, envio de armas anti-tanques e anti-aéreas, e ajuda humanitária aos refugiados civis.
O depoimento das duas mulheres, com três crianças, que conseguiram abrigo na Europa (depois de atravessarem a pé a fronteira, enfrentando soldados) não deixa dúvidas de que o plano dos neo-nazis desde o início era provocar a reação, e o extermínio, das populações russas no Donbass (o que é impossível, sendo 7 milhões). Ao proibir direitos comerciais com a Russia, derubando um Presidente, e ao banir o “uso da língua russa”, igualmente delirante, os neo-nazis fizeram com que os residentes em Donetsk e Lugansk saíssem às ruas. As brigadas neo-nazis a partir daí passaram a perseguir e matar os russos do Leste da Ucrânia. Neste momento estão sequestrando meninas e rapazes nas ruas:
vineyardsaker.blogspot.com.br/situation-report-evacuees
No último dia que fomos às aulas meus amigos me disseram que Aellona tinha morrido. A mãe dela a havia mandado sair para encontrar pão. Tudo estava fechado. Ela estava voltando para casa, uma bomba caiu bem ao lado dela.
Nós caminhamos bastante tempo até que chegamos num rio. Meu irmãozinho não conseguia mais andar. Eu o levei no colo, e minha mãe também. A outra moça nos disse para continuarmos firmes, logo íamos chegar em lugar seguro. Ela carregava sua filha. Chegamos numa estrada e fomos caminhando por ela. Chegamos a um posto de guarda, eu vi que tinha a bandeira da Ucrânia.
Uns rapazes soldados nos pararam, todos tinham armas. Eu olhei do outro lado do rio e vi que tinham a bandeira da Russia. Um dos soldados pegou o passaporte da outra moça e começou a gritar com ela, xingando palavrões. Ela deu um chute nele, e ele caiu. Ela disse para nós corrermos, e todos nós corremos...
Os soldados do outro lado gritaram para virmos depressa, nos ajudaram a passar para o lado deles.
Algumas moças e meninas começaram a desaparecer. Nós escutamos uns gritos numa manhã – o som de um carro que sumia e a mulher que gritava. Saímos para ver. A mulher gritava que alguém tinha levado sua filha de 13 anos. Só um sapato dela tinha ficado na rua. Ela tinha saído para pegar água.
A situação no caldeirão em que transformaram Kramtorsk e Slavyansk está deteriorando a cada minuto. Os relatos de que gás de cloro começou a ser usado desde ontem foram confirmados. Os Nazis vão fazer com o gás o mesmo que fizeram com os bombardeios. Primeiro, apenas um tiro de morteiro, depois 5, depois 50 - enquanto o mundo continua a ignorar os alvos militares como sendo de civis. Mísseis. Primeiro um, depois 5, depois uma bateria.

O Kremlin dá impresão de estar sendo insensível com os anseios e o sofrimento dos russos no Donbass, depois de ter apoiado decididamente os russos da Criméia. O que o governo de Vlad do Kremlin está fazendo é certamente evitar, ou atrasar, o confronto total provocado pelos cães da OTAN. Presume-se que os prejuízos e fatalidades seriam [serão] ainda maiores.
Por um aspecto, o apoio da população aos separatistas no Donbass estaria entre 67 a 70%, enquanto na Criméia foi de 90%, além de ser o sítio de uma tradicional base naval. A nova liderança no Donbass//Novorossyia não desejou estabelecer uma cooperação política e diplomática direta com o Kremlin, preferindo se declarar “república autônoma”. Ou seja, não assumiu um compromisso de validade militar e estratégica (tal como o governo líbio de Khadafi, e Saddam Hussein). Na razão inversa estão a Síria e o Vietnã, onde os russos e chineses logo enviaram “conselheiros” com equipamento militar.
en.ria.ru/20140701/Moscow-to-Continue-Protecting-Rights-of-Compatriots-Abroad.html
O governo de Vlad Putin havia indicado aos autonomistas do Donbass que seria melhor um adiamento de seu referendum separatista, o que deve ter sido um razoável aviso estratégico de não provocar uma reação (premeditada) do inimigo, antes que os separatistas tivessem tempo de se organizar e de se proteger. Entretanto todo este contexto não é suficiente para justificar uma não-intervenção militar e governamental russa, o que é forçoso depois que os sentimentos de toda a nação foram aviltados com as notícias dos bombardeios e das atrocidades dos últimos 3 dias. Os canhões nazistas bombardeiam civis, e não as posições dos milicianos de defesa, que continuam a impor derrotas aos atacantes em situações desvantajosas. Milhares de refugiados buscam a fronteira russa. Fileiras de soldados ucranianos se passam, ou se rendem, às defesas civis, e fileiras de voluntários russos cruzam a fronteira para ingresssar na luta. É a sociedade russa, não o Kremlin, organizando a resistência de seus semelhantes. Ou seja, ao contrário do que reza a cretina mídia amestrada, são os russos “da Russia” que são “pró-russsos” do Donbass.
sp.ria.ru/international/20140701.html
actualidad.rt.com/hackear-correos-ucrania-motin-ejercito

O período da Guerra Fria, desde os anos 50, 60, (não 70), e 80, poderia ser considerado a III Guerra Mundial. O período que começa com o bombardeio da Servia, na segunda metade dos anos 90, e que inclui toda a propaganda com os atentados cinematográficos 11 de Set, e as subsequentes invasões do Iraque, Afeganistão, Líbia, Síria, seria, para os historiadores futuros, a IV Guerra Mundial, de caráter não mais “frio” – talvez “morno”.
Bombardeando o povo russo, conhecido por seu patriotismo, forte sentimentalismo nacionalista, tradição de resistência a invasores e imensos recursos [por comparação, o cachorrento Rasmussen bombardeou o indefeso povo líbio com uma armada naval], os chacais do cabal secreto internacional promovem o cenário fatal previsto por tantos analistas: o grande-satã pretende obter sua terceira guerra “quente” – a quinta guerra, na sucessão do campeonato mundial das guerras patrocinadas...?!!














Discurso de Vlad do Kremlin aos embaixadores em 01 de julho, em que ele muda o tom conciliador e começa a acusar o imperialismo ocidental, prometendo apoio moral, econômico e humanitário aos separatistas russos no Leste da Ucrânia:
rt.com/putin-ukraine-west-barracks

A alternativa para Putin é vir em defesa dos Ucranianos que estão sendo atacados. Putin poderia aceitar os pedidos das províncias rebeldes para se reunificarem à Russia, como fez com a Criméia – denunciar como criminoso de guerra o preposto de Washington Petro Poroshenko, emitindo um mandato de prisão contra ele – e enviar os militares russos para bater de frente com as forças enviadas por Kiev.
Putin já fez tudo que poderia fazer para evitar o conflito. Agora ele precisa fazer a coisa certa, como fez na Georgia e na Crimeia.
Craig Roberts foi Secretário Ass. do Tesouro dos EUA para Política Econômica no período Reagan. Acadêmico e ex- editor do Wall Street Journal, se tornou desde então crítico sistemático do imperialismo atlântico e das teorias econômicas capitalistas.
www.paulcraigroberts.org/washingtons-war-crimes-spread


Junho 30 – Trégua oferecida por Chocolate Fofo para assinatura de cooperação econômica européia como início de agressão intensificada contra população civil no Leste
rt.com/slavyansk-bloody-battle-ceasefire/
Ônibus com mães de soldados que queriam a volta de seus filhos alvejado por brigadas neo-nazis - cinegrafista do principal canal de tevê russa atingido – Opinião pública na Russia em alerta total
tv-novosti.ru/date/2014-06-30/

Julho 09 - Fuertes imágenes: Los ataques israelíes llenan las calles de Gaza de sangre y llanto
actualidad.rt.com/actualidad/video-israel-ataque-gaza

Christof Lehmann: A luz verde para que as brigadas do “estado islâmico do iraque e síria-líbano (levante)” fossem usadas para se infiltrar no Iraque, ampliar o conflito na Síria para que se torne uma grande guerra do Oriente médio, e para comprometer a estabilidade do Iran, foi dada a portas fechadas no encontro do Conselho Atlântico na Turquia, em Novembro 2013, relatou uma fonte próxima ao bilionário Saudita-Libanês Saad Hariri, acrescentando que a Embaixada dos EUA em Ankara é o Centro das Operações.
nsnbc.me/embassy-in-ankara-headquarter-for-isis-war
Monstro Frankestein Saudita sustenta ataque de mercenários no norte do Iraque, e concentra tropas no sul
www.presstv.ir/overthrow-the-saudi-regime
www.presstv.ir/ saudiphile-cia-chief-behind-isil-rise




Saturday, June 7, 2014

33-Ukraïne 2


Ministra da Saúde da República Separatista da Novorossyia em Lugansk, Natalya Arkhipova - mortalmente atingida por um míssil de precisão de um bombardeiro Sukhoi-25 no interior de prédio governamental - além de funcionários públicos e gente nas calçadas

youtube.com/watch?v=suKV1wU0n0g
niqnaq.wordpress.com/south-front-medley-jun-4

Junho 08 - Slavyansk sob intenso bombardeio durante toda a noite - civis atingidos na praça central - cidade sem água e eletricidade - indústrias e instalações incendiados - civis acuados, homens idade entre 18 e 42 aprisionados -
actualidad.rt.com/actualidad/minuto-ataques-aereos-tanques-sudeste-ucrania
rt.com/slavyansk-shelling-water-hospitals/

sovietoutpost.revdisk.org
niqnaq.wordpress.com/
actualidad.rt.com/ucrania-suspension-suministro
resistir.info/ucrania/borotba_31mai14

Junho 07 – Bombardeio de Slavyansk
Biscoito Fofo com Cobertura de Chocolate declara guerra a República Separatista. Matança indiscriminada de civis com mísseis grad. O objetivo é instalar o terror, o ódio e o pânico. Psicopata neo-nazi Turchinov, chefe-da-Junta, se dirige à linha de frente para incentivar matança
vineyardsaker.blogspot.com.au/poroshenkos-message-to-novorossiia
vineyardsaker.blogspot.com.au/june-7th-combat-sitrep
port.pravda.ru/05-06-2014/repressao_ucrania
port.pravda.ru/08-06-2014/vitoria_rebelde


Os milicianos do Setor de Direita tiveram a petulância de atirar em um dos ônibus de refugiados infantís e mães. Escolas e hospitais receberam mísseis, pacientes e pessoal médico atingidos. Neo-nazis matam soldados em caminhão de feridos, com bandeiras da cruz vermelha, e invadem um hospital para matar 37 soldados feridos. Residências familiares invadidas e ultrajadas em Krasny Liman, Slavyansk


Russos em Odessa

A obsessão da mídia ocidental com o governante Vladimir Putin dá lugar à perfeita cegueira a respeito dos valores do povo russo e de sua capacidade de resposta diante da provocação direta de neo-nazistas (depois de Hitler, depois da Líbia, depois da Síria, etc) e do genocídio de seus semelhantes...
Segundo o "Falcão que Observa o Vinhedo", um provável oficial russo militar/de inteligência aposentado, os três principais programas de notícias e opinião da tevê russa, na base de âncoras, estão se encarregando da mobilização nacionalista, e exigindo a intervenção militar do governo para proteger seus parentes no Donbass. Os programas semanais agora são quase diários mostrando com alarde todas as atrocidades: a avalanche espiritual do povo russo inexoravelmente trará uma resposta física aos neo-nazis, segundo o "Falcão". O governante Putin precisa agir a curtíssimo prazo, não importa quais suas convicções originais - não importa quem ocupa a governância russa, não interferir agora contra as tropas ucranianas e neo-nazis é algo que um governante russo não poderia "não" fazer neste momento crucial...
Entretanto, o "Falcão" é anti-comunista. Segundo "RB" (auto-intitulado marxista), em suas páginas "niqnap", nem o "Falcão", nem Putin, apoiam de fato os movimentos separatistas, porque estes movimentos são de orientação revolucionária e socialista (ou de remanescentes do partido comunista da urss). Segundo "RB" o governante Putin não defenderia seu nacionalismo além da ordem burguesa a que pertence, e não pretenderia desafiar a Nova Ordem Mundial até as últimas consequências. Sua hesitação em agir na Ucrânia já era esperada, e todos aqueles que vêem com otimismo uma cartada final do atual governo russo, estariam se expondo à ilusão:
vineyardsaker.blogspot.com.br/media-rage-in-russia-how-long
niqnaq.wordpress.com/slavyansk-resistance-cmon-guys
Alguns exemplos, como a cooperação militar russa com o Estado reformista-revolucionário venezuelano, entre outros, e a ação decidida na Síria, mostram que a negatividade do esquerdista (inglês?) “RB” em relação à atual liderança russa é desproporcionada, ainda que justificada num sentido inicial difuso. Por sua vez, com todo seu educado pacifismo, como nacionalista russo que ama a Europa e odeia os “anglo-zionistas”, o sr. “Falcão” não consegue justificar toda a cautelosa política de apaziguamento e retórica diplomática de Putin - 
Uma terceira hipótese, mais provável que estas duas, porém ainda desconhecida, deverá se revelar ao distinto público... Certamente na razão inversa da “mídia” ocidental, que propõe que a nação russa possa ser manipulada indefinidamente.




















OTAN há 25 anos desestabilizando mundo russo e eslavo

Comentários do Coronel Igor Strelkov, comandante das forças de defesa em Slavyansk
sovietoutpost.revdisk.org/p=152
Estamos sem receber quaisquer reforços em Slavyansk e não há provavelmente planos para enviá-los para cá. As estradas estão sob fogo contínuo dos tanques inimigos.
Os conselheiros imbecis do Kremlin deixaram a situação deteriorar ao ponto de que agora eles estão diante de um dilema de tudo-ou-nada – ou abandonam Novorossyia ao inimigo ou terão que enfrentar uma guerra total para salvá-la. Eles deixaram se perder todas as outras opções durante um mês e meio.
Se tivéssemos armamento suficiente, a milícia de Slavyansk sozinha teria muitos milhares de homens.
A assistência que agora chega da Russia (armamento e voluntários enviados por particulares) era necessitada há um mês. Naquele momento, nos teria trazido um sucesso significativo. Do modo como as coisas estão agora, esta assistência está meramente nos permitindo manter nossas posições, porém não nos dá nenhuma chance de virar o jogo a nosso favor.

rutube.ru/video/ref=logo
Tudo está vindo não com dias, mas com semanas de atraso... e os ucranianos, pode parecer engraçado, estão agora correndo a nossa frente. A máquina deles é inadequada, porém é controlada por sujeitos competentes do outro lado do Atlântico.
Nós precisamos da ajuda russa como o ar para respirar
Agora a escolha é entre rendição total ou ajuda militar direta. Se isto não vier entretanto, sob combate pesado, dando cobertura a colunas de refugiados, nós teremos que correr para a fronteira russa – caso consigamos chegar lá.
”É verdade que os bombardeios mataram uma menina de 6 anos?”
Sim, e não apenas esta menina.

en.ria.ru/world/Independence-Supporters-Say-Destroyed-Rocket-System
zerohedge.com/400-blackwater-mercs-deployed-ukraine-against-separatists


Massacre em Odessa

Residências civis diretamente atingidas
youtube.com/v=dga6gpqd80c
rt.com/news/ukraine-zone-war-slavyansk/


Donetsk, 25 de Maio - Junto com Lugansk formaram República da Novorossyia


Mídia ocidental orquestrada e amestrada agora acusa os russos daquilo que os serviços de inteligência ocidentais fizeram ao detonar golpe facista incendiário em Kiev

Paul Craig Roberts – A Mentira É cada vez mais Audaciosa
prisonplanet.com/the-lies-grow-more-audacious

Chefe da Segurança em Kiev:
Quem Eram os Mercenários Pistoleiros em Maidan??
rt.com/mercenaries-at-maidan-ukraine


Apenas para divulgação na mídia: um fantoche conversa com outro fantoche sobre o que seus patrões lhes mandaram conversar - Aspecto vampiresco de Iatsenyuk ressalta!



Referendum das populações russas - Propaganda ocidental pretende declarar "ilegais" e "terroristas" movimentos fundados por ações civis majoritárias de defesa anti-neo-nazi - Enquanto na Líbia e na Síria apoiaram verdadeiros mercenários terroristas sanguinários como "forças de libertação" - E nos anos 90, apoiaram todos os movimentos separatistas possíveis na fronteira eslava com a Europa e Balcãs

Sunday, April 13, 2014

32-Ukraïne

Estátua de Lênin em Sevastopól coberta por apoteose nacionalista

Ucrânia Urgente


Donetsk, Maio 25 e 26
Resultado do golpe de Estado da CIA que instalou um regime Neo-Nazi em Kiev:
As cidades de Donetsk e Lugansk proclamaram, sob Referendum, uma República Autônoma
Nestes videos pode-se observar a calorosa recepção popular no dia 25 aos voluntários do novo Exército formado para a defesa da proclamada República da Novorossyia
youtube.com/watch?v=Cm3NfOaMFe0
youtube.com/watch?v=f3LZ9RO2Mgk
Ao contrário das forças de neo-nazis incendiários mascarados do levante de Maidan, com armas do McCáin, estes manifestantes são cidadãos comuns, muitos idosos, com roupas e guarda-chuvas coloridos
Eles não são "pró-russia", apenas, em sua maioria, são russos...
Eles não desejam, a princípio, "anexação" à Russia, mas sim a criação de uma Federação, que ainda poderá vir a incluir Karkóvia, Odessa, Sul da Moldavia, etc
A nova República (seria preciso avisar à Folha S.P., ao Globo e N.Y.T) não expressa uma oposição de etnias russas versus ucranianas - ela expressa uma oposição política às orquestrações do capitalismo ocidental

Os combates entre os soldados da Novorossyia e os mercenários-robôs da CIA, e do Setor de Direita, e algumas tropas regulares, já se estende por três semanas, com mais intensidade e mais baixas do que noticiado
Em muitos casos, tropas regulares da Ucrânia, que se negaram a atacar civis, foram dizimados pelos mercenários da OTAN, utilizando armas, uniforme e helicópteros do Exer. Ucraniano
vineyardsaker.blogspot.com.br/sitrep-from-front-lines





Rei do Chocolate


















Poroshenko foi eleito por 55% dos 60% dos eleitores ucranianos que foram votar. Detém 33% do voto ucraniano, contra os 40% de abstenção. Isto sem contar todo o eleitorado no Donbass que não foi votar, porque já havia participado do referendum para Autonomia. Considerado um magnata ainda mais "podre" que o anterior presidente eleito (com comparecimento normal de eleitores). É dono de fábricas de chocolates e de um canal de televisão, que contribuiu devidamente para seu marketing eleitoral. Candidato já previamente escolhido pelas "oligarquias", no dia seguinte à eleição declarou guerra aos milicianos e civis de Donetsk e Lugansk.

Paul Craig Roberts, Abril 14, -14
[obs- Temos aqui um raro caso de autor (sinceramente) liberal, que se converteu à crítica do imperialismo e do “neo-liberalismo”, acolhendo todas os reformismos e críticas ao capitalismo, abraçando irresistivelmente, ao fim, as teses socialistas... Craig Roberts, acadêmico, intelectual, jornalista, que integrou o ministério das finanças no período Reagan, não deixa dúvidas:]
“O caso que se apresenta é o de que a melhor ação para a Russia é a de ocupar imediatamente os territórios russos da Ucrânia e re-absorver os territórios novamente à Russia, que é de onde eles surgiram. Isto deveria ser feito antes que os EUA e suas marionetes na OTAN estejam preparados para a guerra. (...) A Russia será demonizada por interminável propaganda de Washington quer a Russia absorva ou não seus territórios tradicionais. Se a Russia permitir que seus territórios sejam suprimidos por Washington, o prestígio e autoridade do governo russo entrará em colapso. Talvez seja com isto que Washington esteja contando.
[Craig R., entretanto, assim como tantos outros, confunde os interesses da elite internacional, com os ‘interesses norte-americanos’.]
“Se o governo de Putin se colocar ao largo enquanto a Ucrânia Russa fôr suprimida, o prestígio de Putin irá despencar, e Washington dará um fim ao governo russo colocando em ação suas muitas centenas de ONGs financiadas por Washington, as quais o governo russo tem tolerado de modo tão infantil. A Russia está repleta de quintas-colunas de Washington.
“Os governos da Russia e da China fizeram sérios erros estratégicos por permanecerem no interior do sistema internacional de pagamentos com base no dólar, o qual é um mecanismo para o imperialismo dos EUA. Os países do BRICS deveriam imediatamente criar seu próprio sistema de pagamentos separado, e seu próprio sistema exclusive de comunicações / internet.”
paulcraigroberts.org/washington-drives-world-war-
presstv.ir/us-policies-on-russia-to-herald-wwiii
paulcraigroberts.org/



Aos poucos, a resposta do Kremlin vai-se tornando mais visível
Ao longo dos últimos dias, os eventos na Ucrânia entraram em fantástica aceleração e houve vários eventos simultâneos. Vou tentar apontá-los um a um.
a) Em Kiev, os líderes da insurgência assumiram controle total do Parlamento e imediatamente aprovaram leis que revogam o status de língua oficial para o idioma russo.
b) Os líderes políticos foram à praça Maidan para obter a aprovação dos membros propostos para o novo governo.
c) Exatamente como a sra. Nuland ordenou, Iatseniuk ficou com o cargo de primeiro-ministro.
d) Na própria praça Maidan, aparecem profundas diferenças entre partes, que agora se opõem entre elas, da multidão.
e) O neonazista líder das "forças de segurança Maidan" e um dos fundadores do Partido Liberdade, Andrei Parubii, tornou-se chefe do Conselho de Segurança.
f) O líder do Setor Direita neonazista, Dmitri Iarosh, é agora Delegado-chefe do Conselho de Segurança.


neo-nazis sob controle hipnótico












g) O resto do novo governo são, a maioria, apoiadores do ex-presidente Yushchenko, em outras palavras: leais agentes dos EUA.
h) O novo regime dissolveu a polícia anti-tumultos e, assim, liquidou a última força que restava ainda capaz de manter a lei e a ordem nas regiões controladas pelos insurgentes. Agora reina a lei das gangues, nua e crua.
i) A moeda está em queda livre. Iatseniuk diz que são necessários $35 bilhões imediatamente, para evitar um calote. A dívida total é de $170 bilhões.
j) Nas áreas controladas pelo novo regime, estão acontecendo "expropriações" (roubos e assaltos) por toda a parte; a rua é governada pelos bandidos.
k) Yanukovich foi retirado da Ucrânia por forças da segurança russas (mais sobre isso, adiante).
l) O Parlamento do Tartaristão e o Congresso Mundial dos Tártaros apelou aos tártaros da Crimeia, basicamente para parar com a toda a porcaria (disseram em termos mais polidos). Honra e glória, à sabedoria dessas duas organizações!
m) Homens armados, não identificados, tomaram o prédio do Parlamento da Crimeia às 4h da madrugada, só para assegurar que, dessa vez, os membros eleitos daquele Parlamento pudessem entrar e reunir-se. Uma bandeira russa foi hasteada no topo do prédio do Parlamento.
n) O governador de Carcóvia, Mikhail Dobkin, renunciou ao cargo, para concorrer à presidência da Ucrânia, nas eleições de 25 de maio.
o) O Parlamento da Crimeia assumiu as funções do governo central e anunciou um referendo sobre o futuro da Crimeia, marcado para 25 de maio [antecipado]
p) O recém-eleito prefeito de Sevastopol reuniu-se com o Comandante-em-chefe da Frota do Mar Negro. Os dois declararam que não será tolerada nenhuma violência, seja de que tipo for.
q) Novas milícias populares de defesa formaram-se na Crimeia, com número estimado entre 5 mil e 15 mil membros, organizados em brigadas. Estão controlando todas as principais estradas e no momento estão filtrando o tráfego de quaisquer "visitantes" provenientes das áreas controladas pela insurgência.
r) Membros importantes do Parlamento russo visitaram a Crimeia para manifestar apoio à população local e reunir-se com parlamentares da Crimeia.


As contas de Gás da Ucrânia...!














s) Na Rússia, as opiniões estão divididas sobre o que fazer: Vladimir Zhirinovksy e seu partido LDPR dizem que a Rússia deve ficar de fora e não dar um único rublo aos ucranianos. Os comunistas querem que a Rússia leve a questão ao Conselho de Segurança da ONU. O Partido "Só Rússia" (mais "moderado") está manifestando pleno apoio ao povo da Crimeia e diz que a Rússia tem de intervir e ajudá-lo. Feitas as contas, a tomada do governo por neonazistas em Kiev parece estar despertando uma mistura de desgosto e fúria, que pressionará o Kremlin para que faça alguma coisa.
The Saker (o Falcão)
Veja as mais recentes postagens do
= Vinhedo visto pelo Falcão =:
[obs= o "vinhedo" tem a significação de uma esfera espiritual de atividade... aparentemente trata-se de um ex-oficial de inteligência, ou ex-diplomata russo, radicado na europa [?], que traduz do alemão, e domina bem o inglês]

Goblin News 11 - youtube
youtube.com/v=dfzMnP3ilcI#t=117

Friday, September 13, 2013

31-BREAKING NEWS !!!

Aos 9min30s deste video veja a mais sensacional manchete de todos os tempos: a fundação do Banco da Reserva Federal!!
Cem anos depois, a privatização da emissão do dólar com a instalação do Federal Reserve [FED] pelos banqueiros internacionais londrinos em Nova Iorque continua sendo, e a cada novo dia, o principal destaque do noticiário...
www.youtube.com/watch?v=dz8_R99xUYI


Neste video podemos observar como o clube dos banqueiros Rothschild & Morgan & KuhnLoeb & Warburg & Rockefeller & ... conseguiram fazer dos EUA o primeiro país “invadido pelo imperialismo”: e tornando refém a sociedade ianque, uma vez que é sua produção que serve inicialmente de lastro econômico real para as emissões dos dólares.
O expediente de se ter barras de ouro para “dar lastro” a emissões que se tornam infinitas, estabelecido de modo displicente no acordo Bretton Woods 1945, como pretexto para se ter o dólar como moeda comercial internacional, é exposto de maneira clara neste video.
Em seguida veja como a “desindexação” do dólar às barras de ouro em 1971, na “administração” Nixon, serviu para o golpe final de se indexar o dólar a sua prerrogativa para a compra de petróleo – os “petrodólares” sauditas de 1973. O lastro para as emissões infinitas de dólares se torna agora o próprio petróleo – sua produção e oferta comercial pelos países árabes-associados. A sociedade ianque desta vez lucra bastante, com um padrão financeiro que lhe garante alta vantagem comercial; sendo novamente refém, agora como beneficiária, do valor da moeda dos banqueiros.
Como sócios da moeda dos banqueiros, na sombra se mantêm os cruéis Sheiks Wahabitas...
patrialatina.com.br/colunaconteudo.php?idprog=721
realjewnews.com/?p=880

E assim temos a outra permanente manchete do noticiário internacional:
Breaking Newss! Mais um país árabe não-associado acaba de ser invadido!!!




from Veterans Today

















[obs= Seria necessária uma revisão para a leitura de Petras de que o regime saudita teria apoiado os militares egípcios contra a Irmandade Muçulmana... O inverso pareceu mais evidente, com o apoio saudita à Irmandade havendo sido o começo de sua derrocada... Após isso, uma oferta de larga soma aos militares egípcios seria apenas mais uma típica tática desesperada do regime wahabita!]


O RETORNO da JAMAHI-RIYA
Fevereiro de 2014
GOVERNO FANTOCHE da LÍBIA CONTINUA a RUIR
Assim como seus irmãos e irmãs no Egito, os Líbios estão livrando seu país do Governo Fantoche dos EUA instalado pela OTAN e pelos Extremistas Islâmicos, da Irmandade Muçulmana, Al Qaeda, Ansar Al Sharia, e de toda a perversidade introduzida em seus país pela OTAN. O povo líbio está sofrendo há 3 anos agora, desde que a OTAN destruiu seu país, e os deixou sob o controle dos mercenários [fanáticos sanguinários criados pelos serviços de inteligência ocidentais].
Neste dia [07] 60 mil Líbios tomaram as ruas em Trípoli e em números substanciais por todo o país em outras cidades. Eles exigem a remoção do fantoche Primeiro Ministro Zeidan e do Congresso Geral Nacional devido a sua completa falência. Eles também exigem que todos os extremistas Islâmicos sejam removidos de seu país. Nas últimas duas semanas alguns dos membros do CGN têm apresentado suas renúncias e estão tentando correr com os rabos entre as pernas (eles sabem o quanto são criminais). O povo líbio está se recusando a participar da máquina de governo e de quaisquer orgãos públicos até a remoção completa do CGN.
libyan-streets-friday-february-7-2014
resistencialibia.info/?p=6996
resumenlatinoamericano.org/?p=2089

Guerra Secreta na Líbia
libyanwarthetruth.com
libyas-young-women-suffer-gang-rapes-prison-and-request-permission-suicide
stopimperialism.org/secret-war-libya
video-god-bless-great-libyan-patriotic-resistance-god-speed

Janeiro de 2014 - Depois da tentativa frustrada de ataque à Síria ao final de agosto [vide abaixo] o “governo” dos EUA “decidiu” mudar de opinião e dar respaldo a uma iniciativa russa de “banimento” das “armas químicas” da Síria, e “acordo nuclear” com o Iran... Com isso, ficou igualmente banida toda chance de propaganda belicosa a respeito:
Em que pese todo o encobrimento da mídia corporativa, o “governo dos EUA” foi obrigado a aceitar uma derrota moral, política, diplomática e estratégica diante do governo russo e seus aliados. E há muitos sinais de que os militares ianques, por sua vez, se cansaram de fazer o jogo de dominós do sistema illuminati, sendo a cada vez convocados para conter “fanáticos muçulmanos” criados pela CIA e sustentados pelo serviço secreto da Arábia Saudita.
prisonplanet.com/military-revolt-against-obamas-attack-on-syria


















O “governo dos EUA” agora está “apoiando” de maneira contraditória a iniciativa russa de uma conferência em Genebra entre o governo sírio e grupos de oposição, sem a participação dos mercenários estrangeiros sustentados pela Arábia Saudita.
Com isso, os membros de cúpula dos dois principais dominós “aliados”, sauditas e sionistas, estão desesperados e o “governo dos EUA” parece vago... Doze anos após o audacioso assalto illuminati do onze-de-setembro, é provável que setores militares e da sociedade ianque estejam finalmente se apossando da máquina do Estado de sua nação, de modo a neutralizar o jogo de dominós imperialistas que marcou o período de 1914 a 2013.
Nesta data de 19/jan, o embaixador dos EUA na Síria adverte que é melhor a oposição se conciliar com o governo sírio pois o Sheik dos Mercenários Bandar Bin Bush Sultan acaba de se exilar nos EUA:
almanar.com.lb/english/adetails.php?eid=131228
globalresearch.ca/saudi-arabia-corrupt-and-fraudulent-regime-saudi-prince-defects



Al Mukawama: Fanáticos chechenos y daguestaníes del Norte del Cáucaso alucinados tras 20 años del poder de mafias, ignorantes y drogados tunecinos y libios que renuncian a su arabismo, africanos contratados a punta de dólar, talibanes afganos en el límite de la animalidad...

Rebeldes receberam as armas químicas de Bandar, príncipe-chefe da inteligência saudita, e dizem a repórteres na Síria que não sabiam o que eram ou como usá-las direito...
actualidad.rt.com/actualidad/104408-rebeldes-siria-confirmar-armas-quimicas
mintpressnews.com/witnesses-of-gas-attack-say-saudis-supplied-rebels/168135

Propaganda de ataque naval e armas químicas é puro malabarismo publicitário: mísseis Tomahawk da OTAN são muito lentos em comparação com os mísseis russos
E os míssseis russos são muito mais numerosos em terra e nos navios
Militares da OTAN sabem que não podem mais vencer a Russia num confronto direto: objetivo da cúpula Illuminati é manter indefinidamente a propaganda, as guerras de desgaste, e a divisão no mundo árabe


Art by David Dees

31 de agosto -- Ataque à Síria foi suspenso na madrugada do sábado -- O Chefe do Estado-Maior, General Martin Dempsey, com suporte de seus generais e almirantes do Estado-Maior, tomou posição diante da precariedade da paz no Oriente Médio e um apressado e destrambelhado Presidente Obama que estava pronto para lançar um ataque militar à Síria.
veteranstoday.com/2013/09/04/american-generals-stand
rt.com/usa/us-against-syria-strike-313

Marinha Russa
spanish.ruvr.ru/Siria-que-puede-hacer-la-Marina-de-Rusia
rt.com/news/navy-warship-syria-mediterranean-800
rt.com/news/russia-moskva-cruiser-mediterranean-720

A agressão terminou no momento em que os dois mísseis foram disparados -- O despacho emitido pelo Ministro da Defesa Russo, que registrava a detecção de dois mísseis balísticos lançados na direção [do litoral] do Oriente Médio [desde a base da OTAN na Espanha em Set. 03] tinha por finalidade negligenciar dois pontos: o primeiro era a origem de onde os dois foguetes foram lançados, e o segunda que foram abatidos...
No momento em que a operação militar já havia sido consumada, o Chefe do Serviço de Inteligência Russo contactou a inteligência estadunidense e informou que “atingir Damasco é o mesmo que atingir Moscou”, e nós removemos o termo “foram abatidos os dois mísseis” em nossso despacho para preservar as relações bilaterais e evitar um escalonamento.
almanar.com.lb/php?eid=110043


Hezbollah

Armas Químicas entregues aos rebeldes por diversas fontes para que cometessem atrocidades, que fossem atribuídas ao exército sírio
prisonplanet.com/u-s-military-al-qaeda-rebels-produced-sarin-gas.html
Ex-prisioneiro francês revela autores dos atentados em Ghouta
rt.com/op-edge/syria-chemical-attack-hostage-822
Crianças Alawitas sequestradas e mortas para as filmagens
voltairenet.org/article180130.html
voltairenet.org/article180128.html
voltairenet.org/article180132.html
Nadeem Baloosh, no manifesto de seu grupo insurgente Riyadh Al Abdeen, afirma que usará armas químicas contra mulheres e filhos dos inimigos
prisonplanet.com/video-syrian-rebel-admits-using-chemical-weapons.html
Profissionais de Inteligência
prisonplanet.com/intelligence-professionals-assad-not-responsible-for-chemical.html
Freira Carmelita na Síria denuncia filmagens falsas, e outros atentados químicos de mercenários
rt.com/mother-chemical-attack-footage-fraud-509
Rebeldes processados na Turquia por uso de armas químicas
rt.com/news/turkey-syria-chemical-weapons-850



Exército Sírio












Setembro 12 - CIA reinicía envio de armas a mercenários
hispantv.ir/detail.aspx?id=240412
rt.com/usa/us-weapons-syrian-rebels-745/

Mural Patriótico em Latakía