Thursday, August 25, 2011

27-Jogos de Guerra - 3

english.pravda.ru/opinion/columnists/14-02-2012
resistencialibia.info/?p=1452
truthaholics.wordpress.com/2011/12/10/
cubadebate.cu/opinion/2012/02/12
english.pravda.ru/world/asia/09-12-2011
youtube.com/watch?v=3PFfqoepmBY
youtube.com/watch?v=7Uuva9PSC8c

Caro Leitor: Esta página que relata o sacrifício final do Povo Líbio e seus Líderes dificilmente poderia ser substituída. Enquanto a invasão da Síria se arrasta dolorosamente ao longo dos meses, reproduzindo exatamente o mesmo cenário de fraudes e orquestrações aplicados na Líbia, ambos países estáveis e com Estados reconhecidos pela grande maioria da população, preferimos perpetuar o exemplo Líbio, do que repetí-lo na cobertura da Síria...
youtube.com/watch?v=sCDRWEpz5d8
Como se sabe, os governantes chineses e russos têm estado muito aquém da resposta política e militar esperada em vista da agressão incessante da OTAN, e da escandalosa emissão descontrolada de dólares, o que só se explica porque não querem a guerra e apostam na falência do imperialismo ocidental. A excessiva moderação dos burocratas russos e chineses, entretanto, pode ser rapidamente substituída pela ação concatenada dos setores militares e de inteligência nestas duas potências, sob a liderança na Russia do setor representado por Putin e o Gen. Rogozin, entre outros, resultando numa inversão instantânea do quadro estratégico. Nestes países, como em toda a Ásia, a maioria da sociedade não está sendo enganada pelos meios de comunicação, ao contrário do que é patente do Ocidente.
Como ainda já bastante divulgado, a tentativa de agressão ao Iran, incessantemente ensaiada desde 2005, acabará por levar à derrota naval e militar completa da OTAN.



DUAS CANÇÕES RUSSAS
youtube.com/user/amigosdelibia#p/u/143/Tdz9YWq9hrs
youtube.com/watch?v=bksMBpmkzxA


Uma Canção Chinesa
youtube.com/watch?v=plwfnQhr01c

Bombardeio de Sirte
leonorenlibia.com/index=439:urgente
wsws.org/articles/2011/oct2011/pers-o03.shtml

Sirte, 21 de Julho, multidão na praça
e discurso de Kadhafi
youtube.com/watch?v=LC4a-h22bj8

Líder Tuaregue Conclama à Guerra Total
youtube.com/amigosdelibia#p/u/149/w-utlC7Y0lw
www.algeria-isp.com/actualites/politique-libye/201111-A7095

www.algeria-isp.com/actualites/politique-libye/
obs- é necessário recarregar p/atualizar

resistencialibia.info

libya360.wordpress.com/

libyasos.blogspot.com/p/news

leonorenlibia.com

amarchaverde.blogspot.com

youtube.com/user/amigosdelibia




A LÍBIA de MUAMMAR

rt.com/news/interview-libya-nato-intrusion-127
amarchaverde/as-crueldades-de-muamar-kadafi.html

youtube.com/watch?v=3JSvWlBTxyA
youtube.com/amigosdelibia#Mutassin cantando

obs- Nesta data de 24 de Outubro tudo indica que Muammar Kadhafi e seu filho militar Moutassin foram atingidos em meio à luta e o bombardeio aéreo em Sirte... A razão para o insistente bombardeio que arrasou a cidade (bela, limpa, modernizada) e dizimou parte de sua população de mais de 100 mil habitantes se explica, enfim, como objetivo de eliminar o líder líbio, para que a OTAN e seus sequazes pudessem anunciar o "fim da guerra"... Uma guerra vencida em todas as frentes, pela segunda vez, pela Jamahiriya, com Jibril despachando de um porta-aviões, Hilary desembarcando em Chipre (como se fosse Tripoli) para dizer que seria necessário "matar" Kadhafi, e Jalil "despachando" desde a Jordânia, sem gabinete em Benghazi, para anunciar "eleições", etc, etc!!

libya360.wordpress.com/message-from-muammar-gaddafi-october-6-2011

O fato de que um pobre sujeito [Ali Majid Al Andalus, de Sirte, conhecido por sua semelhança a Muammar] tenha sido linchado, ensanguentado, filmado para a "cobertura" internacional, seu corpo posto num frigorífico para visitação, etc, como prova fatal do terrorismo ocidental - toda esta cena de macabro ilusionismo logo após o anúncio da Hilária Clinton - deu a impressão inicial de que o líder líbio estaria deixando correr a contra-informação de sua morte, para apressar o fim da guerra...
Entretanto, tendo sido confirmado seu sacrifício e de Moutassin num ataque aéreo, segue-se que o ritual macabro da feiticeira Hilária em Chipre tinha por finalidade apresentar a versão do inocente linchado em Misrata no dia seguinte. Os serviços de inteligência militar devem ter descoberto que os aviões haviam atingido o comboio do líder, porém é impossível a versão de que os mercenários e a OTAN tivessem "aprisionado" Muammar e Moutassin: conforme indicado por alguns informantes, a questão da OTAN seria não receber a responsabilidade pelo assassinato aéreo, e criar a versão de que os "rebeldes" haviam sacrificado o líder, agravando o ódio entre os líbios. Isto está de acordo com o objetivo da guerra que é dividir e destroçar o país: nem a OTAN, nem os "rebeldes" mercenários, nem os "liberais de Benghazi" têm a mínima condição de criar um estado líbio.

amarchaverde.blogspot.com/2011/10/moradores-de-sirte-acusam-rebeldes

Muammar e Moutassin morreram porque estavam lutando junto aos soldados e resistentes civis. Seu martírio apenas aumenta sua presença espiritual junto ao povo líbio. A Jamahi-Riya é uma democracia sustentada por Conselhos locais e tribais. Alguns ministros são indicados pelos Conselhos. As grandes obras de engenharia dos aquedutos favoreceram enormemente o povo líbio, além de várias reformas sociais que estão indicadas nos relatórios da ONU em padrões acima da média internacional. Uma grande quantidade de jovens estavam nos bancos de universidade na europa e na líbia, quando os mercenários começaram a invasão súbita. Moças foram arrancadas das salas de aula para virar escravas sexuais dos terroristas a soldo do Qatar e serviços ocidentais.
Entre outros feitos que a "mídia" ocidental insiste em desqualificar, o regime de Muammar Kadhafi suspendeu o regime da sharia islâmica para as mulheres; mandou fechar uma base militar dos EUA; e o banco central líbio emitia seus dinares, com lastro próprio, sem obrigações para com os bancos europeus.

amarchaverde.blogspot.com/2011/10/libia-de-kadafi-que-nao-se-pode

obs- Todo o ritual macabro do "frigorífico", foram apresentados pela "mídia" ocidental com destaque, incluindo o Globo... Nunca, desde o Set-11, o "terrorismo-do-corão" foi tão premiado nas páginas de nosso jornalismo de classe-média moralista corporativo.

youtube.com/watch?v=Kp0Iw1zuh-Q
youtube.com/watch?v=4tYOXKNRp0Q




EXÉRCITO LÍBIO EXPULSA RATAZANAS de TRIPOLI

29 de Setembro
32a Brigada Reingressa na Capital
mathaba.net/news/?x=628847%3Frss

07 de Outubro
População da Capital Volta às Ruas
youtube.com/watch?v=bCMmV18KNyQ

Zawiya, Sábado, 08 de Outubro
youtube.com/watch?v=FBNyJgXaz-U

QUEM SÃO AS RATAZANAS!!!
leonorenlibia.blogspot.com/2011/10/mas-desde-libia.html

terceirateoria.blogspot.com
pub.mathaba.net/author/dennissouth1
leonorenlibia.blogspot.com
TV Estatal Líbia 5 Canais

População Negra Massacrada em Tawergha (Set 16)
twitter.com/#!/LibyanLiberal

twitter.com/#!/For_Gaddafi
obs- nesta quarta, Set.14, o twitter acima foi tirado do ar, sendo de algum russo que traduz informações de fontes russas originais. Isto apenas dá mais credibilidade ao informante, que vinha mencionando a entrada da Argélia na guerra, impondo derrotas decisivas aos invasores.

30 de Setembro: É confirmada a notícia de que Muammar Kadhafi, acompanhado de 12 mil Tuaregues retomou a cidade de Gadhamês, na fronteira argelina. Enquanto a "mídia" ocidental continua se referindo a Kadhafi como "fugitivo", um número bem maior de Tuaregues está à disposição da Jamahi-Riya, para a retomada do litoral invadido; e ainda um destacamento iraquiano comandado pelo General Al-Duri. Em nenhum momento o governo da JamahiRyia foi desfeito.
Neste momento, as forças de elite do Gen. Khamis Khadafi já estão entrando em Tripoli. Caso a OTAN não mande novos destacamentos nos próximos dias (sob o pretexto de alguma false flag), Kadhafi deverá reassumir a capital.
youtube.com/watch?v=9FRVbdw2qS4
youtube.com/watch?v=1oXgAkKDhH0

The Independent, Sept 13
independent.co.uk//divisions-grow-in-libyan-ranks-after-failed-attack-on-loyalist-stronghold
Divisões crescem nas fileiras dos rebeldes líbios após ataque frustrado ao reduto leal a Kadhafi --
Facções rivais se voltam contra suas lideranças
após a tentativa de tomada de Bani Walid ter terminado em caos --
O grau que estas tensões alcançaram [desde que o comandante Abdul Fatah Yunis fôra assassinado pelos islamistas] foi ilustrado por uma conferência para jornalistas que o Primeiro Ministro de plantão Mahmaoud Jibril, deveria apresentar no domingo à noite no Hotel Radisson em Tripoli, que estava sendo usado como uma base para o Cons. Transição Nacional dos rebeldes. Isto foi duas vezes adiado e em seguida teve que ser transferido para outra instalação.
Um membro do Cons. Militar de Tripoli, porta-voz do comandante local das forças invasoras Abdelhakim Belhaj, foi incisivo: "Jibril não representa ninguém. Ele não é bem-vindo aqui. Nós fizemos esta luta para nos livrarmos de um ditador, não queremos ter um outro".
A antipatia para com os membros não eleitos do CTN que estão formando a nova administração é cada vez mais disseminada e explicitada. A maior parte deles é de antigos membros de regime de Gaddafi, vistos como convertidos oportunistas da velha ordem. Existe ainda a acusação de que alguns deles estavam na Europa, nos EUA e nos países do Golfo, no momento em que jovens voluntários estavam morrendo pela causa da revolução.
O sr. (Abdelhakim) Belhaj, quem, conforme revelado pelo The Independent, foi sujeito a detenção e tortura com a ajuda da inteligência britânica, tem estado no foco da atenção dos midia. O sr. Muzairik (membro do conselho rebelde de Misrata) deixou bem claro que o sr. Belhaj, anterior chefe do Grupo Combatente Islâmista Líbio - "Está apenas a cargo do comando dos combatentes em Tripoli, e é só. Ele não está no comando da Líbia, mesmo que pense estar".

Áreas Residenciais Bombardeadas em Sirte
youtube.com/watch?v=fIa5LPIIldw
youtube.com/watch?v=tjMz2wJUH4E
youtube.com/watch?v=jRmOmZ_oKZE
amarchaverde.blogspot.com/2011/08/avioes-britanicos-bombardeiam-cidade



Nesta quinta-feira, 25 de Agosto, a OTAN e seus Mandarins Decrépitos continuam seu fatal espetáculo de assassinatos em Tripoli...
Desde os primeiros dias de Julho, quando mais do que hum milhão e meio de tripolitanos foram às ruas com suas bandeiras verdes a protestar contra a violência colonialista da OTAN, a guerra de agressão dos serviços secretos ocidentais e seus patrocinados "rebeldes" havia perdido o sentido e a justificação perante a comunidade internacional.
A agência chinesa Xinhua registrou a manifestação, que se estendeu por vários dias e por várias cidades. Enquanto 2/3 da humanidade recebe diariamente notícias de uma invasão injustificada na Líbia, onde a maioria da população apoia o regime, 1/3 da outra humanidade observa diariamente em suas telas o relato sobre um ditador cruel, que seria rejeitado pela população, que insiste em permanecer "no poder", etc. Os altos níveis de desenvolvimento social da Líbia, com obras de aquedutos e programas assistenciais, a calorosa recepção das "autoridades" ocidentais a Khadafi nos últimos anos, jamais são mencionados pela TV Globo, CBN, Veja, Folha, CNN, Reuters, Ass. Press, BBC, que conseguiram apagar das telas a revolução "colorida" - porém "verde"...!



A extrema crueldade dos "rebeldes", sua completa falta de programa ou objetivo, seu "fundamentalismo islâmico", supostamente tão odiado no Ocidente, são cinicamente ignorados pela "mídia" escravagista ocidental, em sociedade com a agência Al Jazeera, que representa os interesses dos Emiratos, Qatar, Dubai e Arábia Saudita. Caso o código moral desta frente-frankstein viesse a ser reestabelecido na Líbia, as mulheres retornariam para seus lares, a engravidar quando os maridos quizessem, sem poder dirigir automóveis ou fazer faculdade. Aliás, a modernização dos costumes, que o New York Times insiste em difamar, é o argumento dos fanáticos contra a revolução de Khadafi, denunciada como "ímpia" pela propaganda religiosa reacionária.
A mídia escravagista quer esconder de seus telespectadores que os "rebeldes" fundamentalistas, que em todos os outros rincões são inimigos da OTAN, em Benghazi se tornaram seus sócios, recebendo toda a munição, financiamento, assistência militar, estratégica, etc. Como prepostos da invasão estão cidadãos pró-ocidente, "modernizados", que agora têm a tarefa de tentar fechar novos contratos de petróleo com o Ocidente. Alguns destes "líderes" viviam no exterior, a soldo dos serviços de inteligência, e jamais teriam condições de liderar um estado republicano laico a partir de uma rebelião de mercenários trogloditas, o que mostra ainda mais o caráter irresponsável da invasão.
Entre estes estão os ministros Jalil e Jibril, este último havendo sido indicado por Saif al-Islam (filho de Khadafi, formado pela London School of Economics - quando ele e o Pai foram recebidos em Londres por um sorridente Tony Blair em 2008) - o que seria justamente uma "abertura democrática", de modo a dar espaço à "classe média liberal", portanto não uma política "ditatorial"... A consequência foi a conspiração, em função do método sistemático ocidental de oferecer propinas em todos os níveis: conforme o relato a seguir de um visitante frequente a Benghazi, companhias ligadas aos desonestos "liberais" passaram a contratar "trabalhadores" estrangeiros para a florescente economia do leste líbio que eram, já desde o início, mercenários que seriam mobilizados mais adiante na conspiração para tentar dominar a nação:
mathaba.net/news/?x=628852
resistencialibia.info/?p=834



Um dos principais "líderes rebeldes" dissidentes do governo, o General Yunes, estava negociando sua rendição com as tropas de Khadafi que cercavam Benghazi ao final de Julho, quando foi violentamente executado pelos "rebeldes" (aqueles que originalmente foram denominados "Al Qaeda", veja a postagem 25-Jogos de Guerra).
Depois que os parentes do Gen. Yunes juraram nova fidelidade ao líder Khadafi, a mídia escravagista da mente ocidental começou a se acostumar com o fim da missão da OTAN, ficando evidente a incoerência e a violência interna dos "rebeldes". A falta de sentido de todo o projeto político passou a ser reconhecida pelos nossos melhores articulistas e chefes-de-redação: os mercenários só haviam prosperado por causa dos bombardeios da OTAN.




Mohanned Magam, filho de Khadafi, com 23 anos, organizou a passeata de 01 de Julho. A agência Mathaba diz que teria sido morto pela Otan em 28 de Agosto.

Os bombardeios, entretanto, continuaram a massacrar a população civil e a atingir o abastacimento e alvos militares, mesmo depois das manifestações de Julho e do reingresso do exército líbio nas principais cidades, Misrata e Brega. Na terceira semana de Agosto, num domingo do período sagrado do Ramadán, a OTAN novamente passou a bombardear intensamente Tripoli. Em cerca de 12 horas, mais de 1.300 pessoas foram massacradas nas áreas residenciais, enquanto helicópteros Apache atiravam sobre quem estava nas ruas...
O objetivo era dar cobertura a uma coluna de cerca de 2.500 a 3.000 soldados, mercenários e oficiais ingleses e franceses (segundo relatório da agência militar israelense Debka) que estavam desembarcando nas praias próximas.
O ataque não era mais esperado pela população líbia, e nem era previsível para os observadores, e não seria sensato por qualquer lógica que fosse de mentes civilizadas. Em vista do alegado número de 1 milhão de fuzis distribuído pelo governo para a auto-defesa da população na capital (o que de fato nenhum "ditador" poderia fazer), o ingresso da coluna até o centro da cidade só poderia resultar no suicídio, ou "martírio" dos iludidos e sujos mercenários de Benghazi, do Afeganistão e do Quatar, vistos dando gritos mongolóides e disparando a esmo seus rifles nas filmagens pré-ensaidas. O que apenas confirma a versão do governo líbio de que são uma gangue de dementes a soldo.



Portanto, qual seria a razão para mais este violento combate dos Mandarins Decrépitos e seu Cachorro Rasmussen contra o bom senso e a decência??
A razão está na propaganda necessária para compensar a derrota de sua "missão" no início de Agosto - e desse modo continuar iludindo o público interno ocidental, para a continuação de sua eterna "missão" de guerra total no Oriente Médio, única opção de sobrevivência para o regime dos Mandarins Decrépitos e seus bichos-de-estimação: Sarkozy, ministros ingleses, chefes militares, agência de contrato de mercenários inglesa, os Sheiks do petróleo - reais "ditadores islâmicos" - que instruem rapazes desmiolados com celulares nas mãos para dar a posição de casas de família para o alvo de mísseis de pilotos e comandantes navais desmiolados...
Vide postagens anteriores 23, 25 e 26-Jogos de Guerra.



Fica claro que a vitória-que-não-foi-obtida na Líbia é apenas um aspecto do problema da guerra total e da necessidade de manutenção psicológica do público interno no Ocidente. Como no caso do Iraque, se o objetivo fosse o controle do petróleo apenas, uma guerra mais "sensata" e estratégica seria feita, porém o objetivo é a hegemonia política, imperial, de modo a manter o regime como tal - tendo como principais desafiantes e adversários a China, Russia, Iran, e Síria.
Estes países sabem muito bem que os Mandarins Imperiais querem a guerra total, e porisso respondem com "excesso" de cautela, não dando pretextos à propaganda ocidental, permitindo a invasão da Líbia, não dando suporte moral (com exceções) a um povo e um governo que estão se defendendo.
Como no Afeganistão e no Vietnã, não há possibilidades de a Líbia ser "tomada" pelos ocidentais, o objetivo seria apenas manter o caos por tempo indeterminado, destruir instalações, se apossar de suas divisas nos bancos internacionais. Dificilmente o governo líbio seria deposto por agentes externos - o que a invasão conseguiria no máximo seria dividir o país.


Massacre de Majer: 85 civis massacrados em suas casas numa colônia agrícola próximo a Zlitan


Foto Rolando Segura: Mustafa reza en Ramadán y llora a su esposa y dos hijos asesinado por OTAN en Zlitan 160 km este Trípoli

É por esta razão que o Cachorro Rasmussen ordenou a seus pilotos e artilheiros o traiçoeiro ataque num Domingo em que a população já olhava para o futuro e as tropas governamentais estavam garantindo posições em pelo menos outras 20 cidades maiores. Este foi o estratagema do Cachorro para que mercenários atingissem as praças centrais de Tripoli, a ponto de serem filmados...
As filmagens seriam exibidas nos telejornais ocidentais para dizer que o regime havia "caído"!
Aterrorizados com o súbito bombardeio e sofrendo muitas perdas, o povo da cidade se guardou em suas casas. Numa situação normal, os mercenários seriam dizimados em poucas horas - entretanto, o exército líbio e os voluntários sabiam muito bem que este era o objetivo do Cachorro Rasmussen: uma vez expostos ao contra-atacar, os voluntários e o exército seriam bombardedos pela aviação e mísseis.
Os mercenários foram enviados para o holocausto, mas não podendo se expor, a defesa da capital recorreria a ações localizadas, mais lentas e seguras: este é o quadro nesta quinta-feira 25...


Nesses três dias após a entrada da coluna em Tripoli, cada uma das mentiras da mídia escravagista vem sendo desmentida, nas entrelinhas, por eles mesmos:
- A filmagem de comemorações na "Praça Verde" exibia apenas os mercenários, demasiado "felizes" para quem estava num tiroteio, sem a presença do povo da cidade.
- Logo se descobriu que alguns dos prédios não correspondiam ao real, e as filmagens estavam sendo feitas num cenário no Qatar.
- Os três filhos de Kadhafi "presos" se encontravam em plena atividade de resistência.
- O complexo ou "fortaleza" que teria sido tomado pelos "rebeldes" não é fortaleza, e foi usado poucas vezes ultimamente como residência e local de contatos políticos pelo círculo de Khadafi, sendo de valor "simbólico" para os locais. Os invasores chegaram até ali porque o local tinha sido fortemente bombardeado antes.
- Neste local deve existir uma das entradas do complexo subterrâneo militar líbio, que os invasores não conseguiram penetrar.
- A divisão de tanques e soldados que protegia a capital "sumiu debaixo da terra"... A questão para eles é certamente evitar a guerra aérea, porém há grande quantidade de soldados e armamentos que podem atingir o Sul através de túneis. As regiões do Sul apoiam o governo, e os militares líbios poderiam ainda lutar por meses e anos, com ou sem Khadafi.
- Depois de uma interrupção das comunicações na terça e quarta, as notícias indicam que 20 mil ou mais voluntários milicianos se dirigiram à capital para matar os "rebeldes", conforme previsto; deixando ao exército provavelmente a tarefa posterior de lutar contra possíveis invasores mais numerosos e treinados, compostos por soldados regulares que a OTAN ainda pretende enviar à praia.
- Igualmente, os repórteres que estavam no Hotel Rixos foram para o Hotel Corintia próximo à Praça Verde, com ajuda da Cruz Vermelha, para se proteger dos "rebeldes", não dos soldados líbios, que os protegem há 4 meses. Alguns repórteres da CNN são agentes da CIA e ameaçaram os repórteres simpáticos ao regime. Talvez porisso tenham "sofrido ameaças" dos soldados.

Search_query=MENTIRA+REBELDES+TRÍPOLI

OTAN falsifica ocupacion de Tripoli
youtube.com/watch?v=ThlEik-FWV4


Obs-- Em 27 de Agosto há notícias de que os mercenários continuam a se espalhar na faixa do litoral que vai de Tripoli até a fronteira tunisiana. Com o comércio fechado e as ruas desertas, suas bandeiras estão pregadas em toda parte, porém como último recurso da população civil contra os saques de residências, estupros de meninas e mulheres, e assassinato sumário de pretos...
Mais e mais mercenários desembarcaram no litoral, incluindo 1.000 franceses, e há indicações de defecções militares e civis por suborno entre os líbios.

Quando os 150 mil soldados invadiram o Iraque em 2003 desembarcando no Kuwait, eles ainda seriam insuficientes para a tomada de Bagdá; entretanto, quando as tropas estavam na porta da cidade histórica fortemente bombardeada, alguns generais iraquis haviam sido subornados pela CIA, e fugiram em aviões dos EUA para viver na Califórnia.

Em entrevista a Sergey Balmasov no Pravda.ru (24 de Agosto) o capitão das forças líbias Hassan D., descreve a resistência na capital em termos semelhantes ao que temos aqui:
english.pravda.ru/24-08-2011/118842-western_journalism

29 de Agosto: Baseado no artigo de Pepe Escobar, veja aqui a descrição de José Gil a respeito de como foi possível aos trogloditas penetrar na Capital:
leonorenlibia.blogspot.com/2011/08/otan-entrega-poder-alqaeda
Pepe Escobar faz o histórico do celerado líder dos "rebeldes" Belhadji, preso e torturado pela OTAN em 2003, enviado à prisão em Tripoli em 2004 (extradição legal em função das boas relações de Khadafi com a OTAN), e libertado em 2010 em consequência do indulto proposto por Saif al-Islam, depois que o celerado assinou documento de 417 páginas prometendo abandonar a violência contra o regime:
resistir.info/libia/al_qaeda_30ago11
en.wikipedia.org/wiki/Abdelhakim_Belhadj#

CIA recrutou mais de 1.500 mercenários afegãos para lutar na Líbia
amarchaverde.blogspot.com/2011/08/cia-recrutou



Conselho das Tribos


Ministro da Agricultura: Rio Artificial

Neste 25 de Agosto, muitos invasores, entre eles estrangeiros, estão "estirados nas ruas"... Cerca de 400, conforme reconhecido pela Al Jazeera, o que deve significar um número bem maior. A OTAN os enviou para morrer, porque seu objetivo é dizer que Kadhafi está "criando um massacre", seria preciso ajuda "humanitária", a OTAN enviaria soldados regulares, com respaldo da opinião pública ocidental, para "pacificar" o país. Esta versão já está sendo veiculada pelo Jazeera, na mesma matéria em que reconhece a perda de seus "rebeldes" que teriam tomado a capital - !
Este é o quadro deplorável em que nos encontramos, com a Reuters, a Ass. Press, a Rede Globo comandando no Brasil as versões dos noticiários que comandam a guerra psicológica. A maioria do público que a princípio não aceitaria a guerra, passa a aceitar porque "talvez os líbios a merecessem de alguma forma" - Há tantos retratos do "ditador" Khadafi com gestos extravagantes...
Para atenuar a impressão dolorosa de displicência, subserviência e vergonha - quando a Embaixada da Líbia foi invadida em Brasília e o Globo divulgou sem veracidade que o governo brasileiro teria reconhecido o "Conselho" de Benghazi - solicitamos aos leitores um envio sistemático destas informações ao redatores-chefes em todos os "jornalões" e revistas nacionais: aos que estão a soldo e aos desmiolados.
Da mesma forma solicitamos o envio de esclarecimentos sobre a violência da invasão na Líbia, injustificável, aos orgãos de Estado, revistas de Cultura e Universidades brasileiras.



Conselho das Tribos - Tawergas

Michael Maloof, um ex-oficial do Pentágono explica ao Russia Today porque a guerra está longe de ter chegado ao fim:
rt.com/news/gaddafi-guerrilla-tripoli-strategy-093

­- Após quase seis meses de um impasse, o assalto rebelde em Tripoli veio como uma surpresa para muitos. Porém, em termos estratégicos, alguns analistas acham que o avanço rebelde os deixou espalhados numa faixa muito estreita e portanto vulnerável a um contra-ataque das forças leais ao governo.
"Duas mil tribos juraram dar apoio a Khadafi. Nós não escutamos nada sobre eles ainda.", observa Michael Maloof, que é um antigo oficial do Pentágono.
Maloof acredita que ter deixado Tripoli aos rebeldes, poderia ser um recuo estratégico da parte de Kadhafi, para retomar a luta como um combate de guerrilha.." E o Coronel ainda tem os meios para fazer isso.
"Onde estão os Scuds? Onde estão todas as armas químicas que se diz que ele possui? Não creio que estas tenham sido descobertas ainda".
Por outro lado os rebeldes líbios parecem "indisciplinados", especialmente quando começam a dar tiros para o alto para demonstrar sucessos militares. E o Conselho de Transição Nacional dos rebeldes não parece estar fazendo nada para manter isto sob controle, relatou Maloof ao RT.
Além do mais, é difícil dar conta do progresso dos rebeldes, sem o reconhecimento da assistência estrangeira que obtiveram ao avançar por terra.
"Os rebeldes precisariam ter tido alguma assistência de especialistas para se movimentar e suporte logístico de algum tipo.", afirma Michael Maloof. "Eles estariam ali como conselheiros e movimentando as pessoas, sugerindo como entrar em ação. Eles também teriam que ter alguém no solo para coordenar alvos para os aviões da OTAN nos bombardeios.".

Sirte, Setembro 01
Povo ainda nas ruas celebra data da Revolução
mathaba.net/news/?x=628485




Passeata em Sirte, a 21 de Julho - Cidade original de Khadafi, onde tem pleno apoio - População civil intensamente bombardeada em 26,27,28,29,30,31 de agosto




Autoridades Líbias buscam na Europa 103 crianças sequestradas em sua creche em Misurata pelos trogloditas e postas numa embarcação no Mediterrâneo


Última foto das crianças na creche em Misurata












Tuesday, June 7, 2011

26-Massacres de Civis Iniciam Guerra da OTAN



Depois que as potências ocidentais rasgaram mais uma vez a carta da ONU, (Sérvia, Iraque, Georgia, Afeganistão) numerosos analistas de diversos países têm apontado que o governo da Líbia, além de ter o melhor índice de desenvolvimento social da região, com a distribuição da renda do petróleo estatizado, estava propondo o lançamento de uma moeda regional (com lastros em ouro, 144 tons) para substituir o dólar nas transações petrolíferas - esta seria a razão ainda maior para o ataque fortuito.
Anteriormente o governo do Iraque, e depois do Iran e Síria já haviam feito tentativas para descartar o dólar para o comércio internacional em troca de outras moedas internacionais - assim como Russia/China no comércio bilateral.
Muamar Kadhaffi recentemente havia sido recebido na ONU por um sorridente boneco de Obama Barack, e dias antes do ataque a agência de avaliação de índice social da ONU estava lançando um relatório com índices altos de aprovação da Líbia.
Por esta razão Kadhaffi não havia se preocupado em montar uma eficaz defesa aérea e anti-míssil...



Tripoli Julho 01 - Mais de 1 milhão e 500 mil residentes na capital se vestem de verde para apoiar regime e desafiar bombardeios da OTAN


Casamento: Novos casais recebem presente no orçamento; melhor padrão de vida em toda a África


Veja videos e fotos de Rolando Segura: yfrog.com/08vetz


Veja videos e fotos de Rolando Segura: yfrog.com/5azcjz


Khaled Al-Hamedi - Esposa e Filha enterradas - 19 civis mortos na madrugada por 8 mísseis da Otan


TERRORISMO
Junho 20 - O Massacre de Sorman
Thierry Meyssen, Voltaire.net
voltairenet.org/O-Massacre-de-Sorman
youtube.com/watch?v=WF_w0JFvyl0&NR=1
youtube.com/watch?v=BRQxxxHAWxc
youtube.com/watch?v=5MN_dg9ovlY

Veja nesta reportagem da Telesur, um dos poucos canais que têm reportagem direta desde Tripoli, qual a verdadeira origem da "guerra civil" que se instalou na Líbia - e que se tenta instalar na Síria: bandos de gangues sem escrúpulos, a soldo, atacando quartéis de guardas e polícia, roubando armas, aterrorizando a população... à mentira organizada, se junta o terror organizado, quando sãos os reais civis na Líbia e na Síria que estão pedindo ajuda ao Estado contra as gangues... Motivo para a OTAN dizer que estaria "protegendo civis" e novamente bombardear a população civil na Capital!!
TELESUR NA LÍBIA

Rolando Segura Directo desde Tripoli
rolandotelesur.blogspot.com



Demonstração de Bandeiras Verdes Pró-Regime em Benghazi Atacada Por Livre-Atiradores
Al-Jazeera Recorta Partes da Filmagem &
Exibe como Manifestação Anti-Regime
youtube.com/watch?v=ItP6EvslHD4

Siria - Junho 07 – De acordo com informações preliminares, 20 membros de forças de segurança e polícia sofreram uma emboscada a caminho de Jisr al-Shughour, em resposta a um chamado pedindo ajuda feito por civis que estavam aterrorizados e fugiam de suas casas em busca das delegacias de polícia.
Outros oito mártires eram guardas da agência de correios e foram mortos quando a agência foi bombardeada pelas gangues armadas usando bombas de cilindros de gasolina.
O correspondente da SANA disse que os agrupamentos cometeram um real massacre, acrescentando que eles mutilaram alguns corpos e jogaram outros no Rio Orontes.
sana.sy/eng/337/2011/06/07/
sana.sy/eng/337/2011/06/11/

DELINQUENTES de ESGOTO
english.pravda.ru/opinion/05-06-2011/libya_nato-
port.pravda.ru/sociedade/07-06-2011/
jana-news.ly/en/art.php?a=7616


Junho 01 – Membros das Tribos Árabes Telmesse… declararam que seus filhos estão prontos para tomar as armas e defender o Líder e o povo Líbio contra a agressão dos Cruzados da OTAN e das gangs criminais... Eles juraram defender o Grande Sahara...
jana-news.ly/en/art.php?a=7623

Terrorismo – Junho 01 - Mais uma Frota Naval com Grande Porte de Destruição entra no Mediterrâneo - O super-porta-aviões USS George HW Bush, o mais avançado vaso de guerra do arsenal naval dos EUA, junto com seu agrupamento de ataque aero-naval acaba de entrar no Mediterrâneo, para se unir à Sexta Frota em Nápoles
globalresearch.ca/index=25081

TERRORISMO
youtube.com/watch?v=jRZT624kQjs
english.pravda.ru/terror/06-06-2011/NATO_dumping_radiation_on_Libyan_civilians

CLUSTER-BOMBS & BOMBS of LIES
youtube.com/watch?v=-yL7tAWLNyA
02 de Junho – Depois de mais de dois meses de violações da OTAN e com uma frota naval no mediterrâneo lançando mísseis e aviação sobre as cidades de Tripoli e Misurata, o governo russo dá finalmente os sinais de que o limite foi alcançado, enquanto a China, a Turquia e o Iran se mantêm em enigmático silêncio diplomático, com a aparência de uma guerra "congelada": provocações similares deram início à primeira e segunda guerra mundial, e nos tempos de Napoleão e Bismarck teriam dado imediatamente início a hostilidades... Tudo isso vem indicar que Russia, China e Iran se revelam potências bastante prudentes e "pacifistas" num modelo comparativo histórico. (Com o governo da Turquia numa situação ainda obscura neste momento).
Porém neste início de Junho, o quadro mudou também no Afeganistão que já quase tem seu governo declarando guerra aos ex-aliados da OTAN - no exato momento em que o governo do Paquistão praticamente entra em guerra com a OTAN... O governo Chinês neste caso foi bem explícito, indicando que um ataque ocidental ao Paquistão seria declaração de guerra à China.
Enquanto isso, o Presidente Medvedev, que parece figura decorativa, em visita a Roma para solenidades festivas, muda seu discurso recente contra Kadhafi, e passa a defender a não intervenção estrangeira na Líbia. A guinada de opinião de alguns setores internos russos se revela nesse início de Junho também através da Agência Novosti – enquanto o Pravda.Ru e o Russia Today permanecem na vanguarda da notícia já por vários anos, desmistificando a guerra de propaganda da “mídia” ocidental (dando voz aos dissidentes civis nos EUA, p. ex. que exibiram a farsa do Set-11).
Nesta data o Ministro Lavrov foi bem claro em relação à Síria: “Não ponham as mãos!” – A Síria tem tratado militar com a Russia, o que inclui base naval conjunta em seu território.
O bloco representado pela Arábia Saudita, Dubai, Bahrein e Quatar – que evidentemente reprimiu as manifestações de seus civis com apoio da “mídia” ocidental – permanece bastante seguro quanto a seus domínios geo-políticos, enquanto sócios da OTAN, a ponto de o governo do Quatar se vangloriar de estar armando os rebeldes fanáticos de Benghazi, que desejam entregar o petróleo de volta às tradicionais companhias colonialistas.
Entretanto, a visita do Presidente da África do Sul a Kadhafi, voando a Tripoli num comboio militar em meio aos bombardeios, que já provocaram cerca de 1.000 vítimas fatais e 4.000 feridos entre os civis, é uma indicação de qual é a geo-política a que pertence a Líbia: de vários rincões africanos combatentes se mobilizam para defender seus correligionários do Estado Líbio, que tem o melhor exemplo de desenvolvimento social de todo o Continente. Mesmo que sofresse derrota militar com a invasão de soldados da OTAN, já em execução há várias semanas, o Coronel Kadhafi, ou os representantes de seu Estado, teriam espaço e recursos físicos para uma contra-ofensiva ainda por muitos anos. Neste caso, um cenário semelhante ao da Guerra do Vietnam...




April 26 – Vladimir Putin: Por que é necessário a um mundo que se diz civilizado usar todos seus poderes militares contra um pequeno país, destruindo o que foi criado por gerações?
youtube.com/watch?v=Iw5Ij_RFJ1Q

Junho 02 – Lavrov para a OTAN: Parem de violar a Resolução da ONU ou Perderão a Confiança de Moscou – Ministro das Relações Exteriores da Russia diz que os EUA e Europa não devem encorajar protestos anti-governamentais na Síria
rt.com/politics/lavrov-syria-bloomberg-interview

Maio 30 – Visit of President Zuma
rt.com/news/gaddafi-zuma
amarchaverde.blogspot.com/2011/06/presidente-da-africa-do-sul



Maio 24 – Palestra do Embaixador da Líbia na Ass. Bras. de Imprensa, Rio de Janeiro
abi.org.br/primeirapagina=4309
amarchaverde.blogspot.com/2011/06/embaixador-omar-zubeidy-

Maio 17 - Gobierno libio entrega amnistía a más de un centenar de separatistas
avn.info.ve/node/58148

Tripoli - 13 de Maio – OTAN assassina 11 clérigos islâmicos e vários civis em restaurante
youtube.com/RussiaToday#p/u/7/H_F9ZASBm8w
aljazeera.com/africa/2011/05/2011513154514897122.html

Maio 12 - A onda de revoluções no Oriente Médio é uma false flag desde o começo e o alvo em última instância para os EUA era sem dúvida a Líbia o tempo todo, insiste Ian R. Crane, um pesquisador independente e ativista para a verdade e integridade política.
A razão pela qual os meios de comunicação do Ocidente colocaram certos países na lista negra – tais como Venezuela, Cuba, Líbia, Iraque, Iran, Norte Korea – é porque...
“Eles não estão presos ao Banco Mundial ou FMI, eles têm seus Bancos próprios, eles emitem suas próprias moedas" disse o pesquisador.
Uma outra porção considerável com os dividendos do petróleo que Kadhaffi aplicou foi no enorme sistema de aquedutos subterrâneos, transformando a região no Norte do Sahara em terra agrícola, com isso levando seu país a mais um passo de se tornar uma potência regional.

rt.com/news/us-lies-libya-laden-crane

Maio 05 - Alguns dizem que é para se proteger civis, outros dizem que é por causa do petróleo, porém alguns estão convencidos que a intervenção na Líbia é inteiramente por causa do plano de Kadhaffi para introduzir o dinar-ouro, uma moeda africana em comum, com lastro em ouro, uma verdadeira distribuição da riqueza.
rt.com/news/economy-oil-gold-libya

01 de Maio - OTAN Tenta Atingir Kadhaffi, Mata Seu Filho Estudante e Três Crianças da Família - Agências Ocidentais Silenciam
en.rian.ru/world/20110501/
amarchaverde.blogspot.com/2011/05/otan



11 de Maio – Kadhaffi em encontro com líderes tribais.

obs- Para abafar a repercussão de um ataque desastrado, sem justificativa ou respaldo na legalidade internacional, tentando matar Kadhaffi, as agências de notícias ocidentais, que fazem parte do "esforço de guerra", lançaram a patética estória de Bin Laden... Desta vez nem os crédulos cidadãos ocidentais conseguiram engolir!
Dois meses antes dos ataques em Benghazi, o governante líbio havia oferecido indulto a um número de mercenários que estavam nas prisões...
Os mercenários, uma mistura de fanáticos do corão e delinquentes de esgoto promovidos pela CIA e serviço secreto inglês, haviam tirado a vida de vários guardas em outra tentativa para eliminar Kadhaffi em 1996 - vide:
globalresearch.ca/index.=24096


Kadhaffi Não Atacou Civis em Benghazi conforme Satélites Russos
youtube.com/=2L6vA0OIITc

21 de Abril - Mais de 30 mil trabalhadores chineses foram evacuados da Líbia, o maior fornecedor de petróleo da China. A guerra é global.
amarchaverde.blogspot.com/mais-de-30-mil-trabalhadores-chineses

01 de Abril - "Rebeldes" da CIA Jogam a Toalha
amarchaverde.blogspot.com/2011/04/libia

Março 18 - Governo Líbio Aceitou Condições da ONU
Propôs Cessar-Fogo &
Foi em Seguida Atacado pela OTAN
youtube.com/user/RussiaToday#p/u/24/vq57R9K-L9U
rt.com/news/air-threat-un-resolution


Como tudo começou:
Demonstrações civis são incentivadas através de programas da internet -
Em seguida mercenários sanguinários fanatizados massacram e aterrorizam civis -
A "Mídia" - incluindo Al Jazeera, etc - Põe a culpa nos governos da Líbia e da Síria -
A propaganda de guerra permite à OTAN massacrar mais civis


Anthony Wile, The Daily Bell, February 12
thedailybell.com/1753/Anthony-Wile-Anglosphere-Plots-Color-Revolutions-Around-the-World.html
O mais recente e mais estonteante estratagema global é chamado de AYM e a Wikipedia nos proporciona alguma informação acerca do grupo, com se segue:
“A AYM (Aliança para Movimentos de Juventude) começou com um simpósio em Dezembro de 2008 em Nova Iorque para identificar, criar reuniões de trabalho e engajar movimentos do sec XXI via internet pela primeira vez na história. O Dep. de Estado dos EUA (diplomacia) estabeleceu parcerias com Facebook, Howcast, MTV, Google, YouTube, AT&T, JetBlue, Gen-Next, Access 360 Media e Columbia Law School, para lançar uma rede global e fortalecer jovens que estejam se mobilizando contra a violência e a opressão."


Por “jovens que estejam se mobilizando contra a violência, etc”, leia-se “contra as ditaduras no mundo islâmico”, que antes haviam se instalado com o apoio da CIA, dos meios de comunicação ocidentais, etc, enquanto parte do esquema imperialista.
Os atuais movimentos de direitos nos países árabes e/ou islâmicos, no entanto, também estão aparecendo em países com governos contrários à hegemonia sionista/ocidental.
Além do caráter contraditório, isto revela a superficialidade dos movimentos: como se as classes médias no Oriente Médio passassem a raciocinar nos termos das classes similares no Ocidente, sempre exigindo “mais liberdade”, “democracia”, porém sem um programa ou representação para a nação.


Por causa da internet, é difícil [não] ser cínico acerca das revoluções tunisiana e egípcia. Seria uma esperança que eu teria a de que estas revoluções viessem a trazer mudanças reais. Porém não é isto que os controladores da revolução desejam. As operações da Anglosfera estão sendo executadas em duas fases. Em primeiro lugar vem a revolução. Em seguida vem o "desfecho", que deverá inevitavelmente se resolver em termos de democracias de modelo ocidental, incluindo-se bancos centrais manipuladores, corporativismo exemplar, intensivo, interminável, invasivo e, de modo geral, democracias regulatórias solapadoras da mente.
Alternativamente, as revoluções da anglosfera terminam por gerar repúblicas islâmicas – mas isto também é desejado. As Repúblicas Islâmicas entram em cena apropriadamente para se construir um inimigo islâmico de maior porte, o qual proporciona justificativa para se continuar as depredações autoritárias na sociedade dos países ocidentais.

Tuesday, March 29, 2011

25-Jogos de Guerra - 2

The inconsistency between what America says and what America does seemed obvious when it came to Egypt...

RUSSIA TODAY TV-Videos
youtube.com/user/RussiaToday#g/u

O leitor poderá observar a outra face desses episódios conforme vistos pela sociedade russa e comentados pela reportagem deste canal dirigido para o mundo de língua inglesa.

obs- Brasil, Russia China, India e Alemanha haviam votado em branco na sessão da ONU em apoio ao cessar-fogo já estabelecido… ao invés de vetar a resolução de “exclusão aérea”, o que surpreendeu muitos jornalistas…
O veto supostamente daria ao Gov Líbio o direito de defesa ou ataque aéreo, o que não seria necessário no momento: A “exclusão aérea” tacitamente só poderia funcionar se o governo líbio estivesse movimentando seus aviões militares…
Utilizando-se do termo “exclusão aérea” de modo eufemístico como sempre, violando a letra da decisão da ONU, utilizando-se de sua “mídia” como “arma” de guerra, atacando Tripoli, os norte-atlânticos mais uma vez realizaram um “ato de guerra” contra a carta da ONU, e contra os interesses dos outros países da mesma…


Press TV/Reuters, março 31 – Vigário Católico de Tripoli diz que pelo menos 40 civis foram mortos em consequência dos ataques aéreos lançados pelos EUA e seus aliados sobre a capital
presstv.ir/172440.html
obs- notícia devidamente suprimida pela Reuters em seu site principal e não distribuída para o noticiário ocidental…!

Carta Aberta de Médicos Russos ao Presidente da Federação Russa
Tripoli, março 24,
Bombas e foguetes atingiram prédios residenciais e caíram próximo ao hospital... no edifício do setor de maternidade para grávidas com doenças cardíacas uma parede ruiu e parte do telhado. Isso resultou em dez casos de perda dos bebês, os médicos lutando pela vida das mães.
Em fevereiro, a vida pacífica deste povo foi violada por gangues de jovens criminais, insanos e drogados - aqueles a quem os meios de comunicação ocidentais por alguma razão dizem estar em "demonstrações pacíficas". Estes estavam se utilizando de armas e atacaram delegacias policiais, departamentos governamentais, unidades militares - resultando em derramamento de sangue. Aqueles que os dirigem seguem um objetivo claro - criar o caos e estabelecer o controle sobre o petróleo líbio.
Afirmamos que o genocídio está desta forma sendo executado pelos EUA e seus aliados contra o povo líbio – assim como foi o caso na Iugoslávia, Afeganistão e Iraque. Crimes contra a humanidade, executados pelas forças da coalizão similares aos crimes cometidos pelos pais e avôs dos líderes atuais do Ocidente e seus capatazes em Hiroshima e Nagasaki no Japão, e em Dresden na Alemanha, outros lugares onde civis foram também massacrados a fim de se deter, de se esfacelar a vontade das pessoas em resistir…
uruknet=76299

obs- Com todas as evidentes relações dos mercenários muçulmanos fundamentalistas (Jihadistas, Wahabistas) com a inteligência secreta ocidental, o termo “al-Qaeda” passou a designar todos estes mercenários num sentido genérico e não próprio de alguma organização real, conforme os relatórios dos especialistas abaixo, incluindo-se a Academia de West Point que, por suposto, defende os interesses da sociedade norte-americana, e não das elites da NovaOrdemMundial (NWO):

Comandante Rebelde Líbio admite que seus combatentes têm ligações com al-Qaeda
The Telegraph, março 25
Abdel-Hakim al-Hasidi, o líder rebelde líbio disse que Jihadistas que lutaram contra as tropas (ocidentais) aliadas no Iraque estão nas linhas de frente da batalha contra o regime de Muammar Gaddafi.
telegraph.co.uk/worldnews/libya/8407047.html

Os Rebeldes Líbios da CIA
Os rebeldes claramentes não são civis, mas uma força armada. Qual tipo de exército armado?
Webster Griffin Tarpley PhD, março 24
Esse estudo é baseado numa massa de cerca de 600 fichas de arquivo pessoais do “al-Qaeda” [aspas nossas] que foram capturados pelas forças dos EUA no outono de 2007, e analisadas na Academia Militar de West Point. O estudo resultante nos permite fazer importantes descobertas acerca da mentalidade e estruturas de crença da população do Nordeste Líbio que estão dando base para a rebelião, com importantes conclusões acerca da natureza política da revolta anti-Qaddafi nesta região.
tarpley.net/2011/03/24

A Inteligência Britânica Trabalhou junto com Al Qaeda para Matar Qaddafi
Gerald A. Perreira, Global Research, março 25
Esta não é a primeira tentativa dos antigos poderes escravagistas e coloniais para linchar Qaddafi e pôr de joelhos a Líbia. Em 1986, os EUA falsamente acusaram a Líbia de bombardear uma discoteca em Berlim. O Presidente Ronald Reagan tentou assassinar Qaddafi por meio do bombardeio de sua residência em Bab al-Azizia em Tripoli. A filha de Qaddafi e mais de uma centena de de Líbios foram mortos. Em seguida a Líbia foi falsamente acusada do bombardeio em 1988 do avião da PanAm em Lockerbie, como um pretexto para o início de sanções [embargo comercial por meio da ONU], a fim de arruinar o país.
Muammar Qaddafi e as forças revolucionárias líbias foram os primeiros a emitir uma orderm de prisão contra Osama bin Laden. O governo líbio passou anos mandando avisos ao mundo acerca da ameaça bastante séria representada por estes marginais islâmicos... A inteligência ocidental se fez de surda aos avisos da Líbia porque eles estavam de fato cooperando com o group Al Qaeda dentro da Líbia para derrubar Quaddafi e a Revolução Líbia...
Em 1744 uma aliança foi foi formada entre o fundador do Wahabismo, Muhammad ibn Abdal-Wahhab e o implacável lider tribal Muhammad ibn Saud, cujos descendentes reinam sobre a Arábia Saudita até nossos dias. Esta categoria reacionária do Islam era a fundação teológica perfeita para a criação colonial do Reino da Arábia Saudita, e o Wahabismo permanece sendo a tendência islâmica na Arábia Saudita até hoje.
Desta vez, os Britânicos estão convocando… o regime saudita, e seu atual exército de Wahabistas na forma do al Quaeda, para se associarem numa cruzada medieval para esmagar um bastião do Islam revolucionário, que é a Líbia que conhecemos.
Por que, com todo o alarde no Ocidente acerca dos direitos da mulher no mundo islâmico, o regime saudita, que nem mesmo permite que as mulheres votem, ou dirijam, nunca é denunciado? Ao invés, eles são os mesmos que os Norte-Americanos, Britânicos e Franceses estão convocando para os seguirem na destruição da Líbia, que fez a liberação das mulheres e se esforçou para trazer uma democracia real para seu povo.
globalresearch.ca/index=23957

O Sangue da Líbia pelo Petróleo – A Guerra do Vampiro
Susan Lindauer, Março 28
Interview to Russia Today TV, abril 02
Former U.S. Intelligence Asset Who Covered Libya at the United Nations 1995-2003. Author of Extreme Prejudice: The Terrifying Story of the Patriot Act and the Cover-ups of 9/11 and Iraq
Quem nós estamos iludindo? Os EUA, a Inglaterra e a OTAN não se importam em bombardear civis para conter uma rebelião. Seus militares bombardeiam civis todos os dias sem complacência. Eles destruíram a maior parte da infraestrutura de vida comunitária no Iraque e Afeganistão antes de lançarem suas atenções para a Líbia.
No mês de outubro passado, os dois gigantes do petróleo nos EUA – Chevron e Occidental Petroleum – tomaram uma decisão supreendente de se retirarem da Líbia, enquanto que a China, Alemanha e Itália continuaram, assinando contratos significativos com o governo de Gadhaffi.
Na condição de operativa do governo dos EUA [U.S. Asset] que deu início às negociações para o Julgamento do Caso Lockerbie com os diplomatas líbios eu tinha estreitas ligações com a Missão da Líbia na ONU de 1995 a 2003. Dado meu longo envolvimento na saga do Caso Lockerbie, eu continuo até hoje a dispor de acesso aos rumores de alto nível de inteligência acerca da Líbia,
[obs- Servindo no Iraque antes da invasão de 2003, Susan Lindauer não seguiu os planos da Casa Branca para acusar o Iraque de possuir "armas de destruição em massa". Sendo prima do Chefe de Gabinete do gov Bush, foi presa numa instalação militar pelo governo por 8 meses e depois numa clínica psiquiátrica por 6 meses. Desde então ela tem escrito sobre os golpes de inteligência-militares nos EUA, como o Set-11. Veja seu histórico no Rense.com.]
Foi em julho que eu comecei a ouvir falar que Gadhaffi estava exercendo forte pressão sobre as companhias de petróleo dos EUA e Inglaterra para coletar tarifas especiais e resgates para cobrir os custos do reembolsos feitos pela Líbia às famílias do caso da PanAm 103. Os pagamentos para os danos da explosão do avião em Lockerbie haviam sido uma das condições principais para o término das sanções da ONU contra a Líbia que se estenderam de 1992 a 2003. E é claro, as Nações Unidas forçaram Gadhaffi a entregar dois sujeitos de nacionalidade líbia para um julgamento especial na Corte de Haia, embora todas as pessoas com credibilidade estavam plenamente conscientes da inocência da Líbia no Caso Lockerbie.
Conhecendo Gadhaffi tão bem como o conheço, eu estava convencida de que ele seria capaz de fazer tudo aquilo. Ele tentou ganhar tempo até que pudesse extorquir compensações das companhias de petróleo dos EUA...
Agora ele estava executando sua vingança. Como se poderia esperar, (os chefões) nos EUA ficaram pulando feito loucos por causa disso. Gadhaffi não estava aceitando o jogo nos termos que os Sanguessugas do Petróleo queriam. O Vampiro de nosso tempo – a Indústria do Petróleo – avança pela Terra inteira, sugando a vida de cada uma das nações para alimentar sua sede de lucros. Aconteceu que quando eles tentaram pôr as mãos na Líbia, Gadhaffi assumiu o papel de um Robin Hood contemporâneo, que insistiu em dar compensações a seu povo pelos custos que tiveram que sofrer com os embargos da ONU.

Testemunhas de acusação confessaram ter recebido pagamentos de $4 milhões… O veredicto no julgamento do caso Lockerbie estava cheio de furos para início de conversa. Qualquer pessoa que saiba alguma coisa sobre terrorismo nos anos 80 sabe que a CIA veio a se envolver no tráfico de heroína a partir do Vale do Bekaa durante a crise dos reféns no Líbano. A conspiração em Lockerbie havia sido uma operação false flag [atacar as próprias forças//pôr a culpa num inimigo] para sufocar uma investigação conjunta da CIA e da Inteligência da Defesa, caracterizando o ataque como uma retaliação da Jihad Islâmica, para em troca poder continuar protegendo a rede de comércio de heroína.
Fora um ato monstruoso! Porém condenar Megrahi para encobrir o trabalho da CIA no tráfico de heroína pareceu a muitos dos [observadores] no caso Lockerbie como violentamente injusto. Acrescente-se a isso a corrupção das testemunhas que foram compradas - $4 milhões para cada artista – e a sentença de prisão perpétua para Megrahi, que atingiram o nervo da obscenidade.
E a Gadhaffi pareceu como uma dolorosa ofensa, igualmente – as Nações Unidas haviam forçado a Líbia a entregar de bandeja $2,700 bilhões em danos às famílias da Lockerbie…
rense.com/general93.htm

Quem são os Combatentes pela Liberdade na Líbia e seus Patrões?
Global Research, março 25
Prof. Peter Dale Scott, former Canadian diplomat and English Professor at the University of California, is the author of American War Machine: Deep Politics, the CIA Global Drug Connection and the Road to Afghanistan.
globalresearch.ca/index=23947


Gaddafi e Nasser em 1969

“Operação Libya” e a Batalha pelo Petróleo:
Redesenhando o Mapa da Africa
Michel Chossudovsky, Março 09
globalresearch.ca/index=23605

Timothy Bancroft-Hinchey, Pravda, março 07
port.pravda.ru/mundo/07-03-2011/31350
Quantos deles afirmaram que os sub-nutridos são de 5 por cento, menos do que em muitos Estados da União Europeia, quantos nos informaram que para combater a subida dos preços, o governo da Líbia aboliu todos os impostos sobre os alimentos, quantos deles disseram que a taxa de mortalidade infantil na Líbia é o menor em toda a África?
Interessante é que no meio das suas diatribes anti-Khadafi, eles esqueceram de nos avisar que o Índice de Desenvolvimento Humano na Líbia é o mais alto de qualquer dos 54 Estados africanos; nem nos informaram que a taxa de pobreza na Líbia é menor do que a da Holanda.

A Operação de Inteligência que Falhou na Líbia:
O Desastroso "Serviço de Inteligência Secreta" Britânico
Felicity Arbuthnot, Global Research, march 12
globalresearch.ca/index.php?context=va&aid=23660
Mesmo pelos padrões de uma Ilha ao largo da Europa já quase na bancarrota, sendo dirigida no momento, quase inteiramente por uma tropa de milionários que parecem fanatizados e sem contato com a realidade, a diplomacia de canhoneira dos Srs. Cameron (Prim. Ministro), Fox (Min. Defesa) e Hague (Rel. Exteriores) foi uma farsa monumental de proporções históricas.
“Uma pequena equipe diplomática britânica”... de acordo com Willian Hague, “havia entrado na Líbia (ilegalmente) para fazer contato com os rebeldes do Conselho Nacional em Benghazi.” Liam Fox, cantando o hino na mesma partitura disse à (agência) ITN que: “uma pequena equipe diplomática” estava conversando com os rebeldes. Não foi bem isso. Uma equipe de oficiais de “forças especiais” havia sido capturada por um grupo de guardas que davam proteção à Companhia Agrícola Al-Khada, a cerca de 28 km de Benghazi, que foram alertados pelo barulho ensurecedor da propulsão dos helicópteros.
Eles foram detidos, imobilizados e entregues ao conselho revolucionário em Benghazi.
Um membro da hierarquia do conselho disse ao jornal Guardian: “Eles estavam carregando equipamento de espionagem e de reconhecimento, múltiplos passaportes, armas...”

A Hipocrisia continua: Primeiro Ministro Cameron é acompanhado por Mercadores de Armas em Visita ao Egito - para Promover a Democracia
Daily Mail, febr 22
dailymail.co.uk/news/article-1359316/


Monday, March 14, 2011

24-Japão High-Tech: Globalização vs Geofísica


O Japão tem vastas reservas não aproveitadas de energia eólica na orla costeira, a única alternativa prática para a energia nuclear e combustíveis fósseis.

Reação em Cadeia Periódica na Unidade 01:
Emissão de Neutrons com Fissão no Núcleo do Reator

Dr. Arnie Gundersen, Nuclear Engineer, april 03
vimeo.com/21881702


A Mais Recente Imagem por Satélite do Pátio de Usinas Fukushima - nos Traz um Relato que Exige Sobriedade
Chris Martenson, April 01
Nós não sabemos ainda o suficiente para concluir o quanto de fissão espontaneamente já ocorreu, porém temos forte suspeita de que o valor é mais que zero.
chrismartenson.com/blog/55711


Reator no. 2 em Fukushima Sofre Ruidosa Explosão INTERNA
Yoichi Shimatsu, Março 15, 07:30 hs no Japão
rense.com/general93/fuku.htm


Engenheiro nuclear: Incêndio de hastes de urânio no reator de Fukushima seria como Tchernóbil com estimulantes
K. J. Murphy, Março 14
my.firedoglake.com/kirkmurphy/2011/03/14


Fukushima: Modelo de Reator Nuclear Série 01 Levou à Demissão de Cientista da GE em Protesto
ABC News, Março 15
Há 35 anos, Dale G. Bridenbaugh e dois de seus colegas na General Eletric renunciaram a seus contratos de trabalho após terem se tornado cada vez mais convencidos de que o modelo de reator que eles estavam revisando – Série 01 – era tão cheio de falhas que poderia levar a um acidente devastador.
abcnews.go.com/Blotter/fukushima=13141287


March 13 - Emergency Special Report:
Terremoto do Japão, Catástrofe Nuclear sendo Encoberta
Yoichi Shimatsu - Global Research
globalresearch.ca/index=23676

Yoichi Shimatsu currently with Fourth Media (China). Former editor of the Japan Times Weekly, has covered the earthquakes in San Francisco and Kobe, participated in the rescue operation immediately after the Indian Ocean tsunami in 2004 and led the field research for an architectural report on structural design flaws that led to the tsunami death toll in Thailand.


O poder aterrador da natureza, com todo o temor que por ele podemos ter, é somente tão extenso quanto a vulnerabilidade de nossa civilização, pelos próprios humanos produzida. Logo após o natal de 2004, eu me fiz voluntário para operação de resgate no dia seguinte ao tsunami do Oceano Índico, e simultaneamente fiz um estudo de campo sobre as causas das fatalidades no Sul da Tailândia nos locais próprios. O relatório, publicado pelas Universidades de Thammasat e Hong Kong, concluiu que o nível elevado das águas não foi a causa única para o maciço número de fatalidades. Não, são as construções que matam – para ser específico, estruturas mal-projetadas, sem saídas de escape até os telhados ou, em nossa cobiça por terrenos e propriedades, situadas no meio de lagoas drenadas e leitos de rio, ou em aterros instáveis. No desastre de Tohoku [tsunami de 11 de março], um ultramoderno aeroporto de Sendai se recolheu indefeso inundado por todos os lados, enquanto próximo dali uma monstruosa corrente negra varreu casas inteiras rio acima.
Muitas pessoas assumem que os meticulosos japoneses estão entre os mais responsáveis cidadãos do mundo. Na condição de um jornalista investigativo que cobriu o terremoto de Hanshin (Kobe), e o atentado com gases no metrô subterrâneo de Tóquio, peço licença para discordar. O Japão é o melhor lugar entre todos para se organizar encobrimento oficial de notícias.

Crise nuclear sendo encoberta
A tendência recorrente de se negar erros sistemáticos – “a fim de se evitar o pânico do público” – está enraizada na determinação de uma burocracia entrincheirada em se proteger a si mesma, ao invés de em qualquer um dos propósitos assumidos de se servir à nação ou a seu povo. Esta é a regra silenciosa número um na maioria dos governos, e a questão é que o Japão não é nenhuma exceção luminosa.

O Japão tem vastas reservas não aproveitadas de energia eólica na orla costeira, a única alternativa prática para a energia nuclear e combustíveis fósseis.
Contudo o lobby da energia nuclear, os chefões das companhias de carvão e petróleo conseguiram forçar as ações nos governos e indústrias para que teimosamente se recusassem a investir em engenharia avançada e eficiente de turbinas, incluindo-se rotores de levitação magnética que eliminam a necessidade de suspensões que ocasionam perda energética por atrito

12 de Março, 12:00 hs no Japão
O derretimento prossegue... A Agência de Segurança Industrial Nuclear do Japão relatou que isótopos radioativos de cesium e iodo foram detectados por uma estação de monitoramento na usina nuclear n.1 de Fukushima. A presença destas substâncias em amostras de ar é um indicador seguro de que uma reação em cadeia incontrolável foi iniciada. Hastes de urânio super-aquecidas [sem refrigeração] entraram em fissão nuclear, perfurando seus envoltórios metálicos de proteção.
On-site back-up batteries that run the control system were depleted of power within 8 hours of the blackout.

13 March, 08:00 hs - Tokyo Time
Following a high-level meeting...The censorship is being carried out following the imposition of the Article 15 Emergency Law.
So what caused the explosion that blasted away the reinforced concrete roof and walls? Silence.

Unbeknownst to the world, China has world-leading expertise in extinguishing nuclear meltdowns and blocking radiation leaks at their uranium mines and military nuclear plants. Moscow too, is offering unconditional aid, despite ongoing territorial conflict with Japan over four northern islands.


Post-Tsunami Situation at the Fukushima Daiichi Nuclear Power Plant
Arjun Makhijani, Ph.D., March 14
ieer.org/comments/Daiichi-Fukushima-reactors_IEERstatement.pdf


Carbon-Free and Nuclear-Free
Arjun Makhijani, Ph.D.
ieer.org/carbonfree/CarbonFreeNuclearFree.pdf